Jair Bolsonaro é alvo de “recado” do governo chinês

A amizade do novo presidente do Brasil e do presidente dos Estados Unidos é posta em xeque pelo governo chinês. O China Daily, principal jornal estatal do país, publicou editorial afirmando que se Bolsonaro seguir as linhas duras do presidente americano, “o Brasil sofrerá com a economia nacional”.

A publicação ainda deixa claro que a relação entre Brasil e China tem sido de mão dupla, já que as exportações brasileiras não só ajudaram o crescimento chinês, mas que a potência asiática também apoiou os brasileiros a saírem da “pior recessão nos últimos tempos”.

O jornal chinês ressalta que “não existe razão para que ele copie as políticas de Trump”. O texto lembra que existe especulação sobre o futuro das relações entre os dois países, já que Bolsonaro recebeu ligação de Trump ao ganhar as eleições.

Apesar das farpas no editorial, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Lu Kang, parabenizou Jair Bolsonaro em coletiva de imprensa na última segunda-feira (29), um dia após a vitória do militar.

Reportagem, Igor Brandão