As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

JEAs 2016: atleta estreia no Tênis de Mesa faturando ouro e inspiração vem de uma das principais mesatenistas do Amazonas

Vários estudantes-atletas voltaram a se reunir nesta sexta-feira, dia 22, para disputar o terceiro dia de Jogos Escolares do Amazonas (JEAs). Dentre as 11 modalidades individuais, o tênis de mesa foi destaque ao revelar os campeões da categoria Infantil. Enquanto isso, pelas coletivas, a festa foi das equipes que disputaram as classificatórias do vôlei e futsal. O evento é uma iniciativa do Governo do Amazonas.

Dominando muito bem a bolinha mais rápida do mundo, Jayanne Lavareda conquistou ouro após marcar 3 sets a 0 em cima Suzy Larissa, de Novo Airão. A jovem de 13 anos, assim, honrou um dos sobrenomes mais famosos do tênis de mesa local, da campeã amazonense Alice Lavareda.

“Eu sou prima da Alice e ela é um exemplo e quero seguir os mesmos passos dela, conhecer o Brasil através do esporte e representar bem o meu Estado”, disse Jayanne, ao confessar que estava nervosa com a estreia no maior torneio interescolar do Amazonas.

“Eu realmente estava muito nervosa e o resultado superou todas as minhas expectativas, pois jamais pensei que conquistaria o primeiro lugar. Agora é focar, pegar mais pesado nos treinos e ouvir minha prima Alice, que me passou várias dicas importantes para eu sair uma vencedora dos Jogos da Juventude (JEJ)”, destacou a estudante da Escola Estadual Agnello Bittencourt, no Santo Agostinho.

Para a mesatenista Alice Lavareda, a pupila está mais que aprovada e a marcação agora vai ser de perto. “Estou muito feliz por ela começar a valorizar o esporte. Fico no pé dela o todo tempo, mas a Jayanne sabe que é pro bem dela, pois os Jogos Escolares podem abrir muitas portas, desde uma bolsa num colégio particular, que foi o meu caso, até convite para clubes. É uma oportunidade que tem que ser aproveitada e não desperdiçada”, comentou a atleta no auge da sua experiência.

É prata! – Outra que estava animada com o pódio era Suzy Larissa, que ficou com a prata no tênis de mesa, categoria infantil. Apesar de ter perdido a final para Jayanne, a novo-airense estava satisfeita com a conquista. “Estou muito orgulhosa do que fiz. Nunca havia participado do JEAs, estou em Manaus sem a minha mãe, somente com meus colegas e treinador, e agora vou voltar para casa com uma medalha. É isso que quero para minha vida”, destacou a estudante da Escola Estadual de Tempo Integral Balbina Mestrinho.

Bola na rede – Pelo Futsal Juvenil, o time da Escola Estadual Ruy Araújo venceu por 3 x 0 a Escola Estadual Nossa Senhora Aparecida. Os gols foram marcados no primeiro tempo por Beatriz Araújo e Estefane Barbosa. Na segunda etapa, Vitória da Silva fechou o placar. Na quinta-feira, dia 21, a Ruy Araújo já havia vencido as meninas de Urucurituba por três a zero nos pênaltis, depois de empatar 2 x 2 no tempo regulamentar. Desta forma, encontra-se na segunda posição da chave F com cinco pontos, atrás somente de Manacapuru, com seis.

“A gente vem fazendo um trabalho muito bom, graças a Deus e vamos focar para ganhar a liderança da chave. O momento vai ser amanhã (23), quando iremos enfrentar a líder, que é Manacupuru. Nosso time vem com a base do mirim já uns três anos, e acredito que temos potencial para ser ouro”, destacou o técnico da Ruy Araújo, Daniel de Nazaré.

Vôlei em ação – O vôlei também foi responsável por fortes emoções na manhã desta sexta-feira. Um dos jogos mais acirrados do dia foi entre o Colégio Brasileiro Pedro Silvestre, que venceu por 2 sets a 0 (25/9 e 25/14) a Escola Municipal Jarlece da Conceição Zanzara. “O resultado foi muito satisfatório. Sou treinador do Brasileiro, da equipe Juvenil e Infantil, há oito anos e durante todo este tempo estive no pódio com os meus alunos. Este ano, estou mirando o lugar mais alto para as duas categorias e vamos trabalhar com muita dedicação para que isso possa se concretizar”, considerou o técnico Walhederson Brandão.