Amazonas Notícias

JEAs 2023: Disputas do futebol de campo avançam para as semifinais

Com 27 equipes inscritas nas categorias infantil e juvenil, as partidas das quartas de final da modalidade do futebol de campo da 44ª edição dos Jogos Escolares do Amazonas (JEAs) iniciaram nesta quarta-feira (19/07), no Campo do Oswaldo Frota, zona norte de Manaus.  A modalidade reúne mais de 450 atletas, dos mais de 7,6 mil inscritos nos 20 esportes disputados nesta edição do JEAs.

O esporte, que já está no seu sexto dia de disputas, define os seus quatro clubes semifinalistas amanhã (20/07), tanto no infantil como no juvenil. 

“Nós estamos oferecendo uma estrutura adequada para os nossos estudantes-atletas. Desde um campo com as dimensões oficiais de um campo profissional, até a hidratação, arbitragem e equipe médica”, destaca o coordenador da modalidade do futebol no JEAs, professor Ricardo Onety.

Já com vagas garantidas nas semifinais do infantil, os alunos do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Elisa Bessa Freire, zona leste da capital, conquistaram a vaga em cima dos estudantes do Centro Educacional La Salle. Capitão da equipe, o aluno Carlos Nando, 14, falou sobre o sentimento da equipe. 

“Nosso time está bem capacitado, uma equipe forte, talentosa e paciente, que quer muito ganhar esse título. Estamos preparando nossa cabeça para as decisões que vamos ter nos próximos jogos, vamos encarar nossos adversários sem muito espanto”, declarou.  

Lado social 

A função social de formação do cidadão que o esporte traz consigo também é um ponto a ser valorizado nas competições do JEAs, explicou o treinador da equipe infantil da Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Bilíngue Professor Djalma da Cunha Batista, professor Gleyson Maciel. 


“Eu acredito que o esporte desenvolve o aluno de maneira integral, desde a socialização, o cognitivo, o emocional. Ele contribui muito para a evolução desses seres em formação, sempre com respeito. O aluno tem que levar em conta, sempre, o respeito mútuo, e que isso é a parte mais importante da competição”, ressaltou o professor. 

Após as semifinais, as finais, tanto no infantil quanto no juvenil, vão ocorrer no próximo dia 22 de julho, na Arena da Amazônia. A partida decisiva acontece no principal estádio do Amazonas desde a 38ª edição dos Jogos Escolares do Amazonas, em 2015. 

“O aspecto sociocultural que a final na Arena da Amazônia proporciona é muito relevante. Ela promove a interação entre alunos-atletas da capital e interior, e proporciona, a uma parcela da comunidade estudantil, conhecer o nosso estádio da Copa do Mundo, o nosso paneiro é lindo!”, compartilhou Ricardo Onety. 

FOTOS: Euzivaldo Queiroz/ Secretaria de Estado de Educação e Desporto

Relacioandos