As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

João Doria afirma que não vai permitir manifestações de grupos opostos no mesmo dia

O governador de São Paulo, João Doria, disse nesta segunda-feira (1º) que manifestações de grupos favoráveis e contrários ao presidente Jair Bolsonaro devem ocorrer em dias diferentes. “O estado de São Paulo não cerceará o direito à manifestação para qual lado seja o protesto. Mas ninguém tem direito em agredir, estamos em acordo com a prefeitura para que não existam duas manifestações no mesmo dia”, declarou o tucano.

“Graças à presença da PM evitamos um confronto gravíssimo, por isso a decisão de orientar grupos pró-Bolsonaro e pró-democracia, em dias diferentes. O local poderá ser o mesmo, porém em dias diferentes. A posição da PM não é nem de um lado de nem outro”, disse o governador. “Fortalecer o direito à democracia é um princípio que defendemos, mas sempre preservando a vida dessas pessoas, a ordem e o patrimônio público.”

“A resposta de São Paulo é: ‘Não! Aqui, não!’. Por isso vamos instruir que manifestações aconteçam em dias distintos, para que não haja nenhuma razão para que qualquer movimento autoritário venha justificar conflitos de rua ou manifestações de parte a parte para apoiar projeto autoritário no país”, explicou.

“Já tivemos a pior crise de saúde do século, a mais grave crise social, a mais grave crise econômica. E, agora, a maior agressão à democracia desde 1964. Não podemos aceitar isso em um momento que precisamos todos estar unidos para combater o vírus. Não faz sentido valorizar e apoiar nenhuma medida autoritária”. Por Gazeta Brasil