Take a fresh look at your lifestyle.

Jovem envolvido em latrocínio tentado recebe voz de prisão no 21º DIP

-publicidade-

A equipe de investigação do 21º Distrito Integrado de Polícia (DIP) cumpriu na manhã de terça-feira, dia 16, no prédio da unidade policial, situada na Avenida Brasil, bairro Compensa, zona Oeste, mandado de prisão em nome de Alex Lima da Costa, 20, envolvido em crime de latrocínio tentado contra o policial militar Adriano Fonseca de Souza, 45, ocorrido no dia 10 de janeiro deste ano.

De acordo com o delegado titular do 21º DIP, Ricardo Leite, Alex se apresentou à delegacia por volta das 11h de ontem, após receber uma notificação para comparecer ao local. Conforme a autoridade policial, o jovem tinha em nome dele mandado de prisão preventiva, expedido pelo juiz Genesino Braga Neto da 10ª Vara Criminal.

“Alex participou, no dia 10 de janeiro deste ano, de roubo no interior do ônibus da linha 120 no momento em que o veículo trafegava pela Avenida São Jorge, bairro São Jorge, no sentido bairro-Centro. Na ocasião, ele e outros indivíduos executavam o crime quando foram surpreendidos pela presença de um policial militar no coletivo”, explicou Ricardo Leite.

Conforme as investigações acerca do caso, o policial militar Adriano Souza reagiu ao roubo, alvejando um dos infratores, Geraldo Siqueira Fernandes, 24, preso em flagrante pelo delito. Na ocasião, a vítima acabou sendo atingida por golpes de facas no ombro e pescoço, desferidas pelos transgressores, mas sobreviveu ao ataque.

Na delegacia, Geraldo, na época, acabou entregando os comparsas, indicando Alex como um dos participantes da ação criminosa. “Após a identificação do indivíduo como sendo um dos infratores, representei o pedido de mandado de prisão preventiva, acatado pelo juiz Genesino Braga Neto. Quando Alex compareceu ao 21º DIP, achando que iria prestar esclarecimentos sobre uma ocorrência em que foi citado, decidi dar voz de prisão ao infrator”, argumentou Leite.

Alex foi indiciado por latrocínio tentado e ao término dos procedimentos legais ele será conduzido à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

-publicidade-