Jovens ignoram os sonhos dos seus pais

Pesquisa realizada com dois mil universitários revela que 72% deles desconhecem os sonhos de vida de seus pais

Ingressar numa universidade é a realização de um sonho para muitos jovens brasileiros. A maioria conta com o apoio dos seus pais para chegar ao ensino superior. Entretanto, 72% dos jovens universitários brasileiros desconhecem quais são os sonhos de vida dos seus pais. Foi isso que mostrou pesquisa realizada pela Unicesumar por meio do site Conectaí Ibope. A consulta foi feita durante o mês de setembro e contou com a participação de dois mil jovens de todo o Brasil, a maioria mulheres (54%), da classe C (50%) e da região Sudeste (40%).

Entre os 72% dos entrevistados que afirmaram desconhecer os sonhos de vida dos seus pais, a maioria é de homens. Entre os que revelaram conhecer os sonhos dos pais, os principais sonhos apontados para a maturidade foram a casa própria (comprar, reformar ou trocar por uma maior), a estabilidade financeira (vida tranquila, sem dívidas e com mais conforto) e qualidade de vida (aproveitar a velhice e ser feliz).

A pesquisa foi realizada pela Unicesumar, que está entre os dez maiores grupos privados de ensino superior do Brasil, para confirmar uma amostragem interna realizada pela instituição de que os pais de muitos universitários abriram mão de estudar para oferecer educação de qualidade aos seus filhos. “Ouvimos cerca de cem alunos da Unicesumar a respeito dos sonhos dos seus pais e também ouvimos os pais desses alunos. Constatamos que a educação é um sonho tanto para os filhos, quanto para os pais. Por isso, decidimos conectar esses sonhos”, explica Tiago Stachon, diretor executivo de Marketing da Educação a Distância da Unicesumar.

Dessa consulta nasceu o projeto Maturidade da Unicesumar, que oferece bolsas de estudos para brasileiros com mais de 50 anos de idade. “Os brasileiros que chegam a essa idade, com os filhos já criados, ainda têm a oportunidade de realizar muita coisa na vida! Para se ter uma ideia dessa nova realidade brasileira, em 2015, 15,5 mil pessoas com mais de 60 anos se inscreveram no Exame Nacional de Ensino Médio, o Enem”, destaca Stachon.

Além de terem a disponibilidade financeira e de tempo para estudar, 42% dos idosos brasileiros acessam regulamente a internet, tendo familiaridade com o meio digital, conforme revelou pesquisa realizada ano passado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). “Segundo o IBGE, o Brasil possui hoje 30 milhões de idosos, que serão 57 milhões em 2038. A familiaridade digital desse grupo será cada vez mais crescente. Isso faz com que a EAD seja a melhor opção para quem chegou à maturidade e quer realizar o sonho da formação superior. É para esse público que estamos olhando e oferecendo bolsas como forma de oportunizar essa realização”, explica o diretor de Marketing.

Campanha

A campanha Maturidade da Unicesumar foi lançada oficialmente nos meios digitais nesta semana com o filme “Sonhos Reais”, criado pela Agência Mirum. O filme apresenta histórias reais de alunos da Unicesumar e de seus pais. A ideia nasceu justamente desse insight de que todo mundo sonha com algo, mas ninguém sabe os sonhos dos seus pais. A narrativa emocionante do filme retrata relações familiares, sonhos e, sobretudo, como pais abrem mão de muita coisa em nome de seus filhos.

A campanha Maturidade ofereceu bolsas integrais para os participantes do filme Sonhos Reais e garantirá bolsas de até 40% para todos com mais de 50 anos interessados em cursar o ensino superior.

Assista ao filme https://youtu.be/VAWYpIRqfd0.
Mais informações: unicesumar.edu.br/maturidade