O juiz de direito Áldrin Henrique participa pessoalmente do trabalho da rede social que atua no Carnailha 2015. A rede formada por várias instituições tem como meta resguardar os direitos das crianças e adolescentes.

Áldrin Henrique parabenizou a atuação da Secretaria de Assistência Social, Conselho Tutelar, Comissariado de Menores e outros órgãos que trabalham fiscalizando o cumprimento da portaria do juizado da infância e adolescência para os eventos carnavalescos.

Um dos pontos em destaque é a proibição da participação de crianças de 0 a 5 anos nos blocos carnavalescos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here