Está programado para esta segunda-feira (14), em Manaus o julgamento do pedido de Habeas Corpus do tenente da Polícia Militar do Amazonas, Joselito Pessoa, suspeito de matar dois policiais militares, durante uma discussão com colegas de farda dentro de um carro. O caso correu no início do ano.

Três desembargadores decidem se o policial permanece preso ou responderá às acusações em liberdade.

O tenente é acusado de matar o cabo Grasiano Monteiro Negreiros e sargento Edzandro Santos Louzada.

Um dos advogados de defesa, o advogado Mozarth Bessa, afirma que o acusado “não lembra do momento em que os disparos ocorreram “.

Entenda o caso

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here