As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Julho Amarelo: Campanha inicia com realização de testes rápidos e imunização para a população

Com intensa movimentação e aceitação dos usuários, a campanha Julho Amarelo, em alusão às medidas de prevenção contra as hepatites virais, iniciou, nesta sexta-feira (05/07), na Fundação de Medicina Tropical – Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT- HVD), vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (Susam).

Realizada pela Coordenação Estadual de IST/AIDS e Hepatites Virais da FMT-HVD, a campanha iniciou com distribuição de material informativo, testagem rápida para o diagnóstico de Hepatite B e C e imunização para a população em geral.

De acordo com a coordenadora estadual de IST/AIDS, Dessana Chehuan, a campanha garante a população não apenas um atendimento preventivo, mas o tratamento para aqueles que atestarem positivos para hepatite B e C, além de reforçar a importância da prevenção e da imunização.

“Queremos testar o maior número de pessoas possíveis, os que forem detectados com hepatite C, vamos incluí-los logo no tratamento, para prevenir o aumento de fibroses no fígado. Já a hepatite B, estamos trabalhando em grau de saúde pública em vigilância. Quem for atestado negativo, será imunizado com as três doses de vacina, e quem atestar positivo, será tratado para evitar a circulação da doença”.

Complementação – Durante a abertura da campanha o diretor-presidente da FMT-HVD, Marcus Guerra destacou que as ações do Julho Amarelo são a complementação das atividades anuais da coordenação, visando atingir a população em geral, para detectar a soroprevalência da circulação dos vírus B e C nessa população.

“O Estado do Amazonas é uma área endêmica de hepatites virais B e C, e nós temos a consciência da necessidade de descobrir mais precocemente esses casos que são infectados, porque as infecções podem ser subclínicas, ou seja, as pessoas podem não apresentar sintomas mesmo sendo portadores do vírus e esse vírus se replicando causa doenças, como cirrose, câncer hepático e outros agravos, que podem levar à morte dos pacientes”.

Adesão da população – Atraído pelos folders distribuídos pela equipe da coordenação, durante a ação nas vias próximas à Fundação de Medicina Tropical, o militar Sebastião Araújo, de 55 anos, realizou teste rápido e aproveitou para tomar vacinas contra a hepatite.

“É importante fazer o teste, porque nem sempre as pessoas sabem que possuem a doença e, se não tratar, as consequências podem ser grandes, por isso aproveitei para vir aqui fazer o teste e tirar a dúvida. Se der positivo, inicio o tratamento, se der negativo, posso ficar tranquilo”, disse. O militar tomou duas doses da vacina e saiu da fundação tranquilo com o resultado negativo para hepatite B e C.

Cenário – Segundo a coordenação estadual de IST/AIDS, nos últimos 10 anos o Amazonas registrou aproximadamente 15,8 mil casos de hepatites virais. Destes, 40,8% de hepatite B; 16% de hepatite C; e 7% de hepatite D. Os municípios que registraram as maiores taxas de incidência das hepatites B, C e D no ano de 2017 foram: Anori, Boca do Acre, Carauari, Coari, Codajás, Eirunepé, Fonte Boa, Guajará, Humaitá, Itacoatiara, Lábrea, Manaus, Manacapuru, Presidente Figueiredo, Santa Isabel do Rio Negro, Tapauá e Tefé.

Transmissão – As hepatites B, C e D podem ser transmitidas por meio da relação sexual sem proteção, transfusão de sangue e derivados contaminados, compartilhamento de material para uso de drogas (seringas, agulhas e cachimbos), materiais cortantes e perfurantes como alicates de unha, lâminas de barbear e de depilar, escovas de dente e também da mãe para o filho, durante a gestação.

A campanha Julho Amarelo segue durante todo o mês em outras unidades da rede estadual de saúde. Ao todo, a Coordenação Estadual de IST/AIDS e Hepatites Virais vai disponibilizar 49,8 mil testes rápidos para hepatite B; 45,8 mil para hepatite C; 366.881 preservativos masculinos; e 100 mil folders informativos sobre as doenças.

As ações serão intensificadas também nos 61 municípios do interior do estado que já realizam os testes rápidos para hepatites B e C, sendo que Atalaia do Norte, Coari, Eirunepé, Guajará, Tabatinga, Tapauá e Tefé possuem Serviço de Assistência Especializada para as hepatites virais.

Novo Centro de Testagem – Na segunda-feira, às 9h, o Centro de Atenção Integral à Melhor Idade (Caimi) Ada Rodrigues Viana, localizado na avenida Brasil, no bairro Compensa, zona oeste, inaugura um Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) para ITS/Aids e hepatites.

Para a coordenação de IST/Aids e hepatites virais, a instalação do CTA no local, garante ao idosos um melhor acesso ao serviço, mas também estará aberto à população.

“A ideia de introduzir o Centro de Testagem e Acolhimento no Caimi foi para dar um serviço a mais para a população da maior idade, para que esses idosos não precisem sair do ambiente deles para conseguir esses serviços, já que no Caimi eles possuem todo acolhimento de médico, de fisioterapeutas, nutricionistas e demais serviços. Lá, eles vão poder fazer os testes e conhecer melhor seu estado sorológico”, explicou a coordenadora Dessana Chehuan.

Programação da Campanha Julho Amarelo

Dia 26/07 – Das 7h às 16h

Ação de testagem para as hepatites B e C, palestras, distribuição de preservativos e folders e imunização contra a hepatite B.

Local: Fundação Alfredo da Matta (Fuam)

Dia 29/07 – Das 9h às 15h

Ação de testagem para as hepatites B e C, distribuição de folder e preservativos e a oferta, para as pessoas que tiverem diagnóstico de hepatite B ou C confirmado, do exame de elastografia.

Local: Fundação Adriano Jorge

Dia 30/07

Durante todo o mês de julho, a Policlínica Governador Gilberto Mestrinho estará ofertando testagem para hepatites B e C e intensificará as ações de prevenção e diagnóstico destas doenças.

Local: Policlínica Governador Gilberto Mestrinho

Dia 31/07 – Das 8h às 16h

A Secretaria Municipal de Saúde de Manaus, através da Coordenação Municipal de IST, AIDS e HV de Manaus realizará ação de testagem e prevenção às hepatites virais

Local: Praça da Matriz, Centro.

FOTO: BRUNO ZANARDO/SECOM

você pode gostar também