As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Justiça decreta prisão preventiva de detentos acusados de matar agente penitenciário

Governo 3

A Justiça do Amazonas decretou a prisão preventiva de três detentos envolvidos no assassinato do agente penitenciário Alexandro Rodrigues Galvão, de 36 anos. A vítima foi atacada com oito facadas por um grupo de presos durante um princípio de rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). O caso foi registrado na tarde de sábado (1º).

A medida foi tomada neste domingo (2), durante audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus.

Governo 2

Os detentos foram identificados cmo Arley de Oliveira Silva, Bruno Coelho Costa e Adriano de Souza Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), eles foram autuados em flagrante por homicídio qualificado.

Além da preventiva, eles foram transferidos para o Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), que fica nas proximidades do Compaj, também no km 8, da rodovia federal BR-174.

Além dos três envolvidos no homicídio, outros nove internos prestaram esclarecimentos no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e, posteriormente, foram encaminhados e alojados nas celas 2 e 3 do Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) do Ipat. As informações são G1 da Globo.