Adail Pinheiro, prefeito afastado de Coari (Foto: Reprodução/TV Amazonas)
Adail Pinheiro, prefeito afastado de Coari (Foto: Reprodução/TV Amazonas)

Neste domingo (09), a Justiça concedeu habeas corpus ao ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro, que estava preso desde a última na última terça-feira (04), pela Polícia Federal.

O político foi condenado, em primeira instância, pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), a 57 anos de prisão Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), acusado de corrupção na Operação Vorax de 2004.

Adail e outros envolvidos simulava licitações com empresas com a ajuda de laranjas para escolher um ganhador que fazia parte da organização criminosa na cidade de Coari.