Take a fresh look at your lifestyle.

LAVA JATO: Líderes de oposição repercutem operação da PF contra Lula

-publicidade-

Os parlamentares e lideranças de oposição ao governo do PT repercutiram nas redes sociais, a operação da Policia Federal, que teve como alvo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT. O ex-presidente foi conduzido pela Polícia Federal ao Aeroporto de Congonhas, onde prestou depoimento. A ação, segundo o MPF, tem o objetivo de apurar crimes de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo a Petrobras.

O presidente nacional do PSDB, e senador, Aécio Neves afirmou em pagina oficial no facebook, que o avanço da Operação Lava Jato é um passo definitivo para que os brasileiros possam ter acesso a verdade que há muito tempo vem sendo sonegada ao país. De acordo com Aécio, os graves indícios de irregularidades e crimes cometidos à sombra do projeto de poder do PT finalmente estão vindo à luz. O líder do Democratas no senado, senador Ronaldo Caiado, também comentou a operação da Polícia Federal. No facebook, o senador disse que a condução coercitiva é uma prova de que as instituições brasileiras, apesar das estocadas antirrepublicanas do Lula, da Dilma e do PT, funcionam plenamente. O senador do Partido Verde, Álvaro Dias também se manifestou nas redes sociais, afirmando que esse é um momento grave e histórico, que mostra que a justiça pode alcançar a todos, inclusive ex-presidentes da República.

Pela manhã, o Instituto Lula, divulgou uma nota afirmando que a ação da Polícia Federal contra o ex-presidente é uma agressão ao estado de direito que atinge toda sociedade brasileira. Segundo o instituto, a ação da chamada Força Tarefa da Lava Jato é arbitrária, ilegal, e injustificável, além de constituir grave afronta ao Supremo Tribunal Federal. O Palacio do Planalto ainda não se manifestou sobre a operação da PF. Após prestar depoimento na Polícia Federal do aeroporto de congonhas, o ex-presidente está na sede do Partido dos Trabalhadores em São Paulo.

Reportagem, João Paulo Machado

-publicidade-