Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

‘Lean nas Emergências’ – Hospital 28 de Agosto homenageia servidores que se destacam no projeto

Na última visita de elaboração de ferramentas de gestão de fluxo de pacientes implantadas pelo projeto “Lean nas Emergências” no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, a unidade homenageou na sexta-feira (27/11) servidores que se destacaram durante o mês de novembro.

O “Lean nas Emergências” é um projeto do Ministério da Saúde implementado pelo Hospital Sírio-Libanês para reduzir a superlotação nas urgências e emergências de hospitais públicos, e é uma das estratégias de reorganização da rede do Programa Saúde Amazonas. Consultores do hospital estão há três meses no 28 de Agosto, onde já foram implantadas 18 ações do projeto.

A diretora da unidade, Júlia Marques, destacou o empenho de todos os servidores em implantar as metodologias do Lean.

“Agradeço imensamente a toda a equipe do 28 de Agosto, sem exceção. Todos são importantes. Se faltar um maqueiro, nós não conseguimos fazer o giro de leitos. Então, quero agradecer imensamente cada um de vocês”, afirmou Júlia. No mês de novembro, foram destaques no hospital profissionais de enfermagem, segurança e limpeza.

“O projeto veio trazer o conhecimento e as ferramentas. Os consultores nos entregaram todo o conhecimento e agora está nas nossas mãos tocar o projeto, pois ele não acaba”, disse a enfermeira Dulcilene Diniz, uma das servidoras que se destacou em novembro.

Um dos consultores do Sírio-Libanês, Daniel Meireles, elogiou o esforço da equipe do 28 de Agosto. Para ele, a unidade tem todas as ferramentas para se destacar entre aquelas em que o Lean nas Emergências vem atuando.

“Durante a implementação das ferramentas do projeto encontramos muitos desafios, mas temos profissionais que se destacam, que vestem a camisa, não têm hora para parar, e a consequência são os resultados do projeto. Esse é um momento de reconhecimento”, comentou Daniel.

O médico Leonardo Leite, também consultor do projeto, destacou o envolvimento da equipe e os resultados obtidos pela unidade nesses três meses.

“O 28 de Agosto surpreendeu em todos os sentidos, basta ver os números, indicadores, e o principal, que é a satisfação do usuário que hoje é atendido nessa unidade, e a equipe, que comprou a ideia e vestiu a camisa”, disse Leonardo.

Resultados – Após o uso de ferramentas do Lean nas Emergências, o 28 de Agosto reduziu o tempo de permanência dos pacientes em 70%, gerando um aumento da capacidade de atendimento em relação à demanda.

Antes do projeto, a média de permanência no hospital dos pacientes que não precisam de internação era de aproximadamente 7,2 horas (435 minutos), e hoje caiu para 2 horas (120 minutos).

A média do tempo de internação na unidade era de 8,3 dias e caiu para 7,4 dias, o que equivale a uma queda de 11%.

FOTO: Rodrigo Santos

-publicidade-