As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Leilão da Santa Casa de Misericórdia é considerado positivo pela prefeitura de Manaus

O êxito do leilão realizado nesta quinta-feira, 21/11, no Fórum Henoch Reis, na zona Centro-Sul, com a Faculdade Metropolitana (Fametro) arrematando a Santa Casa de Misericórdia, Centro, por R$ 9,3 milhões, foi considerado um ganho social pela Prefeitura de Manaus. O resultado é fruto da ação movida pela Procuradoria Geral do Município (PGM), que neste ano entrou com petição para o leilão do antigo prédio histórico da cidade, para que fosse dado um destino social ao local.

“A concretização do leilão da Santa Casa de Misericórdia não só tem o destino específico de pagar dívidas devidas – como trabalhistas e para a União e o município -, mas se converte em um destino social, um ganho efetivo para a população com a restauração do prédio para se tornar um hospital universitário, que irá resgatar um local antigo, seguindo o trabalho realizado pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, de recuperar o centro histórico”, afirmou o procurador-geral do município, Rafael Albuquerque.

A Santa Casa de Misericórdia de Manaus foi arrematada no primeiro leilão realizado, após iniciada a fase de lances. “Mais um prédio que certamente será recuperado, seguindo o trabalho da Prefeitura de Manaus de ressignificar o centro da cidade. A instituição de ensino fez a arrematação, e tem afirmado que ali instalará seu hospital universitário, com uma finalidade relevante à sociedade, o que se coaduna com as ações do prefeito Arthur Neto no centro histórico”, disse o procurador-geral.

Somente com a prefeitura, a Santa Casa de Misericórdia tem uma dívida de R$ 539 mil, de tributos como Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU), Imposto Sobre Serviços (ISS) e Alvará, que serão pagos posteriormente com o dinheiro arrecadado no leilão.

“Primeiro vão ser pagas as dívidas trabalhistas, depois as com a União e município. Mais importante do que pagar os débitos com a prefeitura, é o ganho que a população terá. A Santa Casa é um prédio histórico e emblemático, foi tombada pelo Patrimônio Nacional, e várias gerações passaram por ela. Eu mesmo nasci na Santa Casa. Foi um trabalho intenso da Procuradoria Geral do Município, que requereu o leilão com êxito. Todos ganham com a recuperação do prédio”, assinalou o corregedor da PGM, Pablo Negreiros.

Texto – Cláudia Barbosa / Semcom

Foto – Arquivo / Semcom

você pode gostar também