Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Ludi Sousa encerra programação do ‘Domingo Autoral’ em 2020

Cantor recebe Begê Muniz neste domingo (20/12), no Teatro da Instalação

O cantor Ludi Sousa encerra a programação do projeto “Domingo Autoral” deste ano, com a participação de Begê Muniz, no Teatro da Instalação (rua Frei José dos Inocentes, Centro). O show, iniciativa do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, acontece neste domingo (20/12), a partir das 19h, com acesso gratuito.

O número de vagas é limitado para 70 pessoas, conforme os protocolos de segurança em prevenção à Covid-19, e o agendamento pode ser feito pelo Portal da Cultura (cultura.am.gov.br).

Com 25 anos de carreira, Ludi Sousa sobe ao palco para apresentar canções que integram dois novos trabalhos, o disco “Ludi Sousa 25 anos de estrada” e o EP “Artesão”.

“O álbum comemorativo, disponível nas plataformas digitais, traz, no total, dez músicas, todas inéditas. Entre as composições estão parcerias com Ruben Menezes, Gonzaga Blantez e Geraldo Azevedo”, destaca o artista. “Já ‘Artesão’ tem quatro músicas minhas e uma releitura de ‘Índia Lua’, de Antonio Pereira”.

Ludi conta que parte da produção do EP, que deve ser lançado até o fim deste mês, foi realizada no período de isolamento social.

“Por causa da pandemia, passei muitos meses em casa e me dediquei aos estudos, e o resultado foi ‘Artesão’. Continuo estudando produção porque quero lançar outro disco no ano que vem”, comenta o artista. “Ainda este mês vou fazer uma live para lançar o EP”.

Sobre o convidado da noite, o cantor diz que aproveitou que o filho, Begê Muniz, está em Manaus para gravar um filme no interior do Amazonas.

“Decidi convidá-lo porque ele é um cara talentoso, músico primoroso, tem composto belas canções e deu muito certo esse encontro”, afirma Ludi.

O disco “Ludi Sousa 25 anos de estrada” é fruto do edital Conexões Culturais 2019, da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), e o EP “Artesão” foi contemplado por meio da Lei nº 14.017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc, no Prêmio Manaus de Conexões Culturais, também da fundação.

Projeto – O “Domingo Autoral”, proposta criada em parceria com os músicos Celdo Braga e Nícolas Júnior, chega à segunda temporada, para formar plateias e ampliar a visibilidade de trabalhos autorais do Amazonas.

Neste ano, participaram do projeto os grupos Johnny Jack Mesclado, Raízes Caboclas e Gaponga, além dos cantores Armando de Paula, Lucilene Castro, Salomão Rossy e Lucinha Cabral. Cada atração apresentou um convidado especial.

Protocolos – O Teatro da Instalação adotou todos os protocolos para prevenir a transmissão da Covid-19, como distanciamento social de 1,5 metro, totens de álcool em gel em pontos estratégicos, funcionários treinados e com equipamentos de proteção, aferição de temperatura na entrada do espaço e limpeza e higienização do local. O uso de máscara é obrigatório.

A saída do público após os eventos é realizada de forma imediata e não é permitida a permanência do público nos corredores do espaço.

FOTO: Divulgação

-publicidade-