Amazonas Notícias

Mãe é presa suspeita de entregar filha a caseiro em troca de dinheiro, em Codajás

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Codajás (a 240 quilômetros de Manaus), prendeu em flagrante, na quarta-feira (14/06), uma mulher de 26 anos, mãe da vítima, e um homem de 59, por estupro de vulnerável praticado contra uma criança de 10 anos. Ambos também foram autuados por corrupção de menores. Os abusos ocorreram em um sítio localizado no quilômetro 14, da estrada Ozias Monteiro, naquele município.

De acordo com os policiais civis da DIP de Codajás, as diligências iniciaram após recebimento de denúncias por meio do Conselho Tutelar do município, que informou que a mulher submetia a própria filha a abusos sexuais para um caseiro daquele sítio em troca de dinheiro.

“Há cerca de três meses a mulher entregava a filha para passar os finais de semana com o caseiro, ocasião em que ele consumava os abusos sexuais”, informaram os policiais.

As primeiras investigações levaram os policiais até a residência da mulher, em seguida, a equipe policial se deslocou até o sítio onde foi efetuada a prisão dele. Na ocasião, foi apreendido o aparelho celular do infrator, que constavam mensagens de texto onde a mãe da criança pedia valores de R$ 20 a R$ 200.

“Ainda durante a revista no sítio, encontramos diversos DVDs com conteúdos pornográficos infantis, além de preservativos”, relataram.

Procedimentos

Ambos foram autuados em flagrante pelos crimes de estupro de vulnerável e corrupção de menores. Eles serão encaminhados à audiência de custódia, e ficarão à disposição do Poder Judiciário.

FOTO: Divulgação/PC-AM.

Relacioandos