Maior rede de apoio a Bolsonaro nas redes sociais é excluída pelo Facebook

Presidential candidate Jair Bolsonaro attends a rally in Taguatinga near Brasilia, Brazil September 5, 2018. REUTERS/Adriano Machado

O Facebook apagou 68 páginas e 43 contas favoráveis ao candidato Jair Bolsonaro, do PSL, nesta segunda-feira (22). As contas pertenciam ao grupo Raposo Fernandes Associados (RFA), que formava a maior rede de engajamento na rede social. Juntas essas contas tinham mais interação do que a página de famosos como Neymar, Anitta e Madonna.

De acordo com a empresa americana, foram criadas diversas contas falsas com o mesmo nome e que violavam a política de autenticidade e spam. “Autenticidade é algo fundamental para o Facebook porque acreditamos que as pessoas agem com mais responsabilidade quando usam suas identidades reais no mundo online”, afirma a nota divulgada pelo Facebook.

O conjunto de páginas teria surgido durante os protestos de 2013, se consolidado no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e depois concentrado no apoio a Bolsonaro. Segundo publicação do jornal O Estado de S. Paulo, nos últimos 30 dias as contas tiveram 12 milhões e seiscentas mil interações no Facebook.

Reportagem, Karol Marra

#Eleições2018