Amazonas Notícias

Malária: FVS-RCP destaca fortalecimento das ações para Agentes Comunitários de Saúde sobre Vigilância da doença em Manaus

Etapa importante para a melhoria da vigilância epidemiológica na capital, capacitação faz parte de programação da Semsa Manaus

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dr. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), realiza, até dia 22 de maio, capacitação para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de Manaus, com foco no fortalecimento da vigilância da malária na cidade.

A capacitação, que teve início em abril, abrange temas relevantes para o combate e prevenção da malária e outras doenças transmitidas por vetores.

Os tópicos abordados na capacitação incluem a situação epidemiológica das doenças transmitidas por vetores, entomologia dos vetores de importância para a saúde pública, arbovírus no contexto de Manaus, práticas de educação em saúde no contexto das doenças transmitidas por vetores, ciclo do mosquito Anopheles, vetor da malária, aspectos clínicos, tipos de tratamento, diagnóstico e testagem para a doença.

A diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, destaca a importância dessa capacitação para o fortalecimento das ações de vigilância na capital amazonense. “A capacitação fortalece os Agentes Comunitários de Saúde que estão em contato com a comunidade e desempenham um papel estratégico na identificação precoce e no direcionamento para o tratamento correto”, afirma Tatyana.

Para Myrna Barata, gerente de malária e outros hemoparasitas da FVS-RCP, a capacitação é uma etapa importante para a melhoria da vigilância epidemiológica em Manaus. “Com essa capacitação, os ACS estarão mais bem preparados para reconhecer os sinais e sintomas da malária, além de orientar a comunidade sobre medidas preventivas e procedimentos adequados para testagem e tratamento”, ressalta Myrna.

Além da gerente de malária, a capacitação conta com a participação de diversos especialistas da FVS-RCP, incluindo a sanitarista Josielen Amorim, a bióloga Emily Marcele Silva e Ruth Cruz, do Laboratório Central do Amazonas (Lacen-AM); e Amanda Andion, do Núcleo de Educação em Saúde da FVS-RCP.

A iniciativa demonstra o compromisso da FVS-RCP, em trabalhar em conjunto com outras instituições de saúde, para fortalecer a vigilância e o controle da malária em Manaus, contribuindo para a melhoria da saúde pública no Amazonas.

FOTOS: Divulgação/FVS-RCP

Relacioandos