Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Manaus concentra 53% da população do Amazonas e Parintins aparece em segundo lugar

Japurá, Itamarati e Silves foram os três municípios com menor população no Estado

A capital tem amplo domínio populacional sobre os demais municípios do Estado, e pelo histórico de crescimento, essa superioridade vem aumentando a cada ano. Os dados, são das Estimativas de População 2020, divulgadas hoje pelo IBGE.

A divulgação anual das estimativas da população residente nos municípios brasileiros obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013. As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos.

As populações dos municípios foram estimadas por método matemático (ver Nota Metodológica) e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos munícipios. O método baseia-se na população estadual projetada e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010) e ajustadas. As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais que tenham ocorrido entre os municípios após 2010.

Segundo as estimativas de população, em 1º de julho de 2020 o Brasil contava com 211,8 milhões de habitantes, distribuídos pelos 5.570 municípios que compõem as 27 Unidades da Federação, com um acréscimo populacional de 0,77% em relação ao ano anterior.

Uma vez estimadas as populações municipais, o total da população de cada Unidade da Federação é obtido pela soma da população dos municípios que as compõem.

O Amazonas com sua população de 4.207.714 ocupa a 13ª posição no ranking nacional, e sua população representa 2,0% do contingente nacional. Na Região Norte, o estado possui a segunda maior população, atrás do Pará com 8.690.745.

CONCENTRAÇÃO DA POPULAÇÃO NOS GRANDES MUNICÍPIOS

Conforme tendência delineada nas populações recenseadas em 2000 e 2010, em 2020 pouco mais da metade da população brasileira (57,6% ou 122,0 milhões de habitantes) concentra-se em apenas 5,8% dos municípios (326 municípios), que são aqueles com mais de 100 mil habitantes. Considerando apenas os municípios com mais de 500 mil habitantes (49 municípios), estes concentram aproximadamente 1/3 da população brasileira (31,9% da população do país ou 66,5 milhões de habitantes). Por outro lado, a maior parte dos municípios brasileiros (67,9%, ou 3.783 municípios) possuem até 20 mil habitantes, e concentram apenas 15,0% da população de todo o País (31,8 milhões de habitantes) (Gráfico 1).

Gráfico 1 – Distribuição da população e do número de municípios por grupos de tamanho populacional. Brasil, 2020.

MUNICÍPIOS MAIS POPULOSOS

Na última década, observou-se um aumento gradativo da quantidade de grandes municípios do País. No Censo de 2010, 38 municípios tinham população superior a 500 mil habitantes, sendo que 15 destes tinham mais de 1 milhão de moradores. Em 2020, são 49 os municípios brasileiros com mais de 500 mil habitantes, sendo que 17 destes superam a marca de 1 milhão de habitantes.

Dos 17 munícipios com população superior a um milhão de habitantes, 14 são capitais estaduais. Esses municípios concentram 21,9% da população do País. O município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,33 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,75 milhões de habitantes), Brasília e Salvador.

Manaus passou a ter 2.219.580 habitantes de acordo com a estimativa de 2020. E assim, continua como a sétima maior cidade brasileira em quantitativo populacional, sendo a primeira da Região Norte e a quarta considerando as Regiões Norte, Nordeste e Centro Oeste do país.

MUNICÍPIOS MENOS POPULOSOS

Entre os municípios menos populosos, há 30 municípios com população inferior a 1.500 habitantes, sendo que quatro deles possuem população inferior a 1.000 habitantes. São eles: Serra da Saudade (MG) com 776 habitantes, Borá (SP) com 838 habitantes, Araguainha (MT) com 946 habitantes e Engenho Velho, com 982 habitantes.

 

 

MUNICÍPIOS COM MAIS DE 1 MILHÃO DE HABITANTES
     
ORDEM UF MUNICÍPIO POPULAÇÃO 2020  
SP São Paulo 12.325.232  
RJ Rio de Janeiro 6.747.815  
DF Brasília 3.055.149  
BA Salvador 2.886.698  
CE Fortaleza 2.686.612  
MG Belo Horizonte 2.521.564  
AM Manaus 2.219.580  
PR Curitiba 1.948.626  
PE Recife 1.653.461  
10º GO Goiânia 1.536.097  
11º PA Belém 1.499.641  
12º RS Porto Alegre 1.488.252  
13º SP Guarulhos 1.392.121  
14º SP Campinas 1.213.792  
15º MA São Luís 1.108.975  
16º RJ São Gonçalo 1.091.737  
17º AL Maceió 1.025.360  
TOTAL 46.400.712  
% em relação ao total Brasil 21,9%  
TOTAL BRASIL 211.755.692  

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas – DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais – COPIS

POPULAÇÃO DAS CAPITAIS

O conjunto das 27 capitais supera os 50 milhões de habitantes, representando, em 2020, 23,86% da população total do País. A capital com maior taxa de crescimento geométrico no período 2019-2020 é estimada para Boa Vista, 5,12%, e, a menor, para Porto Alegre, com 0,30% de crescimento.
Embora o conjunto dos municípios das capitais tenha tido uma taxa de crescimento geométrico mais que a média do país (0,84% contra 0,77%),

 

POPULAÇÃO DAS CAPITAIS EM ORDEM DECRESCENTE DE POPULAÇÃO
         
ORDEM UF NOME DO MUNICÍPIO POPULAÇÃO 2020 TCG
SP São Paulo 12.325.232 0,60%
RJ Rio de Janeiro 6.747.815 0,43%
DF Brasília 3.055.149 1,32%
BA Salvador 2.886.698 0,50%
CE Fortaleza 2.686.612 0,65%
MG Belo Horizonte 2.521.564 0,38%
AM Manaus 2.219.580 1,69%
PR Curitiba 1.948.626 0,80%
PE Recife 1.653.461 0,47%
10º GO Goiânia 1.536.097 1,32%
11º PA Belém 1.499.641 0,46%
12º RS Porto Alegre 1.488.252 0,30%
13º MA São Luís 1.108.975 0,64%
14º AL Maceió 1.025.360 0,63%
15º MS Campo Grande 906.092 1,13%
16º RN Natal 890.480 0,72%
17º PI Teresina 868.075 0,37%
18º PB João Pessoa 817.511 1,05%
19º SE Aracaju 664.908 1,20%
20º MT Cuiabá 618.124 0,91%
21º RO Porto Velho 539.354 1,85%
22º AP Macapá 512.902 1,90%
23º SC Florianópolis 508.826 1,57%
24º RR Boa Vista 419.652 5,12%
25º AC Rio Branco 413.418 1,50%
26º ES Vitória 365.855 1,04%
27º TO Palmas 306.296 2,40%
TOTAL CAPITAIS 50.534.555 0,84%
% em relação ao total Brasil 23,86%
TOTAL BRASIL 211.755.692

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas – DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais – COPIS

REGIÕES METROPOLITANAS

Considerando a composição das Regiões Metropolitanas de 31 de dezembro de 2019, a Região Metropolitana de São Paulo, em 1º de julho de 2020, é a mais populosa do País, com 21,9 milhões de habitantes, seguida da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (12,8 milhões de habitantes), da Região Metropolitana de Belo Horizonte (6,0 milhões de habitantes) e da Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE) do Distrito Federal e Entorno (4,7 milhões de habitantes).

A soma das 28 Regiões Metropolitanas, RIDEs e Aglomerações Urbanas que possuem mais de 1 milhão de habitantes superou em 2020 a marca dos 100 milhões de habitantes.

As taxas de crescimento das maiores Regiões Metropolitanas do país (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Fortaleza, Recife e Salvador) são ligeiramente inferiores à média do país. E entre essas principais RMs é possível observar ainda que o cres-cimento do município sede é, na maioria dos casos, mais baixo do que o verificado no restante da RM, especialmente nas áreas metropolitanas mais consolidadas.

 

POPULAÇÃO DAS REGIÕES METROPOLITANAS, REGIÕES INTEGRADAS DE DESENVOLVIMENTO E AGLOMERAÇÕES URBANAS COM MAIS DE UM MILHÃO DE HABITANTES
       
ORDEM REGIÃO METROPOLITANA(1) POPULAÇÃO 2020 TCG RM (2019-2020) TCG Sede (2019-2020)
RM de São Paulo        21.893.842 0,73% 0,60%
RM do Rio de Janeiro        12.824.912 0,48% 0,43%
RM de Belo Horizonte (2)          6.006.091 0,74% 0,38%
RIDE do Distrito Federal e Entorno          4.693.793 1,43% 1,32%
RM de Porto Alegre          4.363.027 0,51% 0,30%
RM de Fortaleza          4.137.561 0,76% 0,65%
RM de Recife          4.103.780 0,59% 0,47%
RM de Salvador          3.957.566 0,72% 0,50%
RM de Curitiba          3.693.891 1,07% 0,80%
10º RM de Campinas          3.304.338 1,21% 0,81%
11º RM de Manaus          2.722.014 1,68% 1,69%
12º RM de Goiânia          2.601.601 1,60% 1,32%
13º RM do Vale do Paraíba e Litoral Norte          2.576.250 0,93% 1,08%
14º RM de Belém          2.529.178 0,75% 0,46%
15º RM de Sorocaba          2.166.860 1,08% 1,17%
16º RM da Grande Vitória          2.006.486 1,37% 1,04%
17º RM da Baixada Santista          1.881.706 0,87% 0,08%
18º RM de Ribeirão Preto          1.738.000 1,02% 1,21%
19º RM da Grande São Luís          1.644.923 0,72% 0,64%
20º RM de Natal          1.620.749 1,04% 0,72%
21º Aglomeração Urbana de Piracicaba          1.508.439 0,88% 0,77%
22º RM do Norte/Nordeste Catarinense (3)          1.438.561 1,34% 1,22%
23º RM de Maceió          1.318.640 0,62% 0,63%
24º RM de João Pessoa          1.290.223 0,92% 1,05%
25º RM de Florianópolis (3)          1.229.335 1,61% 1,57%
26º RIDE da Grande Teresina          1.228.671 0,39% 0,37%
27º RM de Londrina          1.121.303 0,87% 0,99%
28º RM do Vale do Rio Cuiabá (4)          1.049.312 0,77% 0,91%
TOTAL 100.651.052 0,85% 0,72%
TOTAL BRASIL 211.755.692 0,77%

 

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas – DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais – COPIS.

RM = Região Metropolitana e RIDE = Região Integrada de Desenvolvimento

Notas: (1) Composição das Regiões Metropolitanas vigente em 31/12/2018.

(2)  Inclui Colar Metropolitano

(3) Inclui Área de Expansão Metropolitana

(4) Inclui Entorno Metropolitano

Os dez maiores municípios do estado, concentram 2.926.552 habitantes e representam 70% da população total. A ordem não tem se alterado nos últimos anos, Manaus representa 53% da população do Amazonas. A segunda posição é Parintins com 115.363 habitantes. O domínio populacional da capital em relação aos outros municípios vem aumentando a cada ano.

cada ano.

ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2020
UF COD. UF COD. MUNIC NOME DO MUNICÍPIO  POPULAÇÃO ESTIMADA
AM 13 02603 Manaus 2.219.580
AM 13 03403 Parintins 115.363
AM 13 01902 Itacoatiara 102.701
AM 13 02504 Manacapuru 98.502
AM 13 01209 Coari 85.910
AM 13 04062 Tabatinga 67.182
AM 13 02900 Maués 65.040
AM 13 04203 Tefé 59.547
AM 13 02702 Manicoré 56.583
AM 13 01704 Humaitá 56.144

 

Japurá, Itamarati e Silves foram os três municípios com menor população no Estado. Seguidos de Itapiranga, Amaturá, Caapiranga e Uarini. Em 2020, Japurá atingiu sua menor população, como consequência da taxa de crescimento negativa aplicada a cada ano em sua população.

 

ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2020
UF COD. UF COD. MUNIC NOME DO MUNICÍPIO  POPULAÇÃO ESTIMADA
AM 13 03957 São Sebastião do Uatumã 14.352
AM 13 00086 Anamã 13.956
AM 13 02306 Jutaí 13.886
AM 13 04260 Uarini 13.690
AM 13 00839 Caapiranga 13.283
AM 13 00060 Amaturá 11.736
AM 13 02009 Itapiranga 9.230
AM 13 04005 Silves 9.230
AM 13 01951 Itamarati 7.814
AM 13 02108 Japurá 2.251

 

Manaus foi o município do Estado que mais incorporou população em 2020 (36.817 pessoas); Itacoatiara (1.364), Tabatinga (1.338), Maués (1.135) e Manacapuru (1.125), formam o grupo dos municípios com maior incremento populacional em 2020. Por outro lado, houve oito municípios com perda de população. Fonte Boa (-604), Japurá (-504) e Jutaí (-431) são os três que mais perderam população em relação ao ano anterior.

 

ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NOS MUNICÍPIOS – AM
Município 2019 2020 INCREMENTO %
Itacoatiara 101.337 102.701 1.364 1,35
Manacapuru 97.377 98.502 1.125 1,16
Manaus 2.182.763 2.219.580 36.817 1,69
Maués 63.905 65.040 1.135 1,78
Parintins 114.273 115.363 1.090 0,95
Tabatinga 65.844 67.182 1.338 2,03

 

 

ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NOS MUNICÍPIOS – AM
Município 2019 2020 INCREMENTO %
Fonte Boa 17.609 17.005 -604 -3,43
Japurá 2.755 2.251 -504 -18,29
Jutaí 14.317 13.886 -431 -3,01
Santo Antônio do Içá 21.602 21.243 -359 -1,66
Tefé 59.849 59.547 -302 -0,50

 

Percentualmente, os municípios que mais cresceram na comparação 2020 com 2019, foram Manaquiri (2,94%), Santa Isabel do Rio Negro (2,82%) e Juruá (2,68%). Já os que mais caíram foram: Japurá (-18,29%), Fonte Boa (-3,43%) e Jutaí (-3,01%).

Outros destaques:

• Manaus é a sétima capital do país em população e a primeira da Região Norte;
• O Amazonas é o 13º Estado em população no Brasil e o segundo da Região Norte;
• Mais da metade da população brasileira está concentrada em 6% dos municípios.
• As capitais são responsáveis por 50 milhões de habitantes do país;
• Boa Vista é a capital que mais cresce. Porto Alegre a que menos aumenta;
• Os dez maiores municípios do Amazonas representam 70% da população do Estado;
• Japurá, Itamarati e Silves foram os três municípios com menor população no Estado;
• Oito municípios amazonenses tiveram quedas de população.
• Manaquiri possui a maior taxa de crescimento e Japurá a menor, no Estado.

-publicidade-