Nesta quinta-feira, 12 de fevereiro, no Rio de Janeiro, o vice-governador do Amazonas, Henrique Oliveira, e o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, participaram da solenidade que indicou Manaus como uma das sedes dos jogos de futebol durante as Olimpíadas 2016. A confirmação da capital como sede será feita pela Federação Internacional de Futebol (FIFA), em março. O presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016, Carlos Nuzman, e o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, disseram que trabalharão pessoalmente para que Manaus seja confirmada.

Para Henrique Oliveira, a indicação de Manaus é fruto do desempenho da capital durante a Copa do Mundo, tanto em razão da estrutura que ofereceu quanto da receptividade do povo do Amazonas. “Hoje, o povo amazonense merece a medalha de ouro, usando a linguagem das Olimpíadas, pelo que realizou durante a Copa do Mundo. Então, nós temos tudo que é necessário para também sediar os jogos de futebol das Olimpíadas: o estádio, os centros de treinamento e, principalmente, o calor humano do nosso povo”, frisou o vice-governador.

De acordo com Henrique Oliveira, caso confirmada Manaus como sede, Governo e Prefeitura de Manaus trabalharão conjuntamente para cumprir todos os requisitos para que a competição aconteça de forma satisfatória. Ele adiantou que, em relação à estrutura, serão necessárias algumas adequações em relação aos centros de treinamento e de vestiários para receber seleções femininas de futebol.

Para o prefeito Arthur Virgílio Neto, o selo olímpico põe Manaus definitivamente no roteiro turístico internacional, assim como atrai novos investidores. Ele espera que a FIFA acolha a indicação oficial do Comitê, principalmente em razão da boa avaliação da Federação em relação ao desempenho da sede Manaus durante a Copa do Mundo.

“Manaus será uma das poucas cidades do mundo a ter selo olímpico e da Copa do Mundo. Agora, definitivamente, estamos no roteiro turístico mundial. Temos recebido cada vez mais turistas interessados em nossas belezas e a tendência é que nossa vocação internacional fique ainda mais forte. Seria inconcebível que as Olimpíadas no Brasil não contemplassem a Amazônia. Nada mais justo que a capital da Amazônia represente o País nos jogos. Vamos trabalhar com a FIFA agora”, afirmou o Arthur Neto.
Além de Manaus, caso seja confirmada, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Salvador e Belo Horizonte formam o grupo das seis “Cidades do Futebol” nas Olimpíadas do próximo ano. Todas estas cidades também foram sedes da Copa do Mundo em 2014.

Apoio de peso – O presidente do Comitê, Carlos Nuzman, e o presidente da CBF, José Maria Marin, declararam apoio a inclusão de Manaus como “Cidade do Futebol” nas Olimpíadas.

“Fizemos uma avaliação criteriosa e entendemos que Manaus é a melhor opção para receber os jogos. Em Londres foram seis subsedes, então não é empecilho algum que tenhamos jogos na Arena da Amazônia”, disse Marin. “O Comitê Organizador está oficializando Manaus junto à FIFA. É a nossa opção e vamos defendê-la. A Amazônia é emblemática para as Olimpíadas. Os jogos são do Brasil”, completou Nuzman.