Amazonas Notícias

Manaus inicia curso ‘Formação de Startups’ nesta sexta-feira

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), em parceria com o Instituto de Desenvolvimento, Turismo, Cultura, Esporte e Meio Ambiente (IDT-Cema), iniciou nesta sexta-feira, 11/2, à noite, o curso “Formação de Startups”. As atividades estão sendo realizadas no Casarão da Inovação Cassina, no Centro Histórico de Manaus, e seguem até o próximo domingo, 13.

Foram selecionados 40 empreendedores, profissionais de TI e estudantes interessados em desenvolver a própria startup. O objetivo é oferecer um conteúdo de imersão sobre empreendedorismo e inovação, além de conhecimentos básicos sobre mercado, usuário/cliente, ideação, mindset empreendedor, marketing e vendas, comunicação, ecossistema, valores, oportunidades, entre outros; atiçar o espírito empreendedor e inovador e estimular o desenvolvimento de novas startups na cidade.

“Estamos dando início a essa atividade aqui no Casarão da Inovação Cassina, que foi consolidado no ano passado como equipamento de tecnologia, inovação e empreendedorismo. Aqui a prefeitura lança o primeiro projeto de formação de startups”, pontuou o secretário da Semtepi, Radyr Júnior, durante a abertura da formação.

Foram realizadas mais de 500 inscrições, das quais 47% foram feitas por homens e 45% por mulheres. Com duração de 18 horas, o curso permitirá ao aluno uma interação com mentores selecionados em todo Brasil. A metodologia tem como objetivo promover o intercâmbio de conhecimentos, ampliar network e criar oportunidades em outros ecossistemas e mercados. Esta é a primeira turma das seis que serão formadas durante o primeiro semestre de 2022, totalizando 240 alunos.

“O público manauense realmente tem interesse, e isso é muito importante. Essa visão da Semtepi, de enxergar essa possibilidade da gente levar o empreendedorismo de fato para as pessoas é incrível”, afirmou o diretor de Inovação do IDT-Cema, Daniel Takaki.

Entre as principais atividades, o evento traz palestras com empreendedores manauenses, que desenvolveram e consolidaram uma startup. Um dos cases de sucesso é o coordenador do programa, Francisco Felinto, que contou sua experiência empresarial no primeiro dia de atividades com o público.

“O principal requisito para criar uma startup é força de vontade e resiliência. Aqui no programa, o objetivo é mostrar que se você tem uma ideia, já é o primeiro passo. Mas, se conseguir usar ferramentas corretas para consolidar essa ideia, com certeza vai dar certo”, destacou.

Texto – Luiza Queiroz / Semtepi
Foto – Altemar Alcântara / Semcom

Relacioandos