As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Manaus recebe ícones do jiu-jitsu Ricardo Libório e Murilo Bustamante em palestra para adolescentes

“O esporte transforma vidas. Ele resgata, fortalece o espírito, é saúde e uma importante porta para o desenvolvimento social”, disse o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, que é faixa vermelha no jiu-jitsu e preta no judô, durante palestra de abertura do evento “Jiu-jitsu de Olho no Futuro” realizado neste sábado, 8/6, no auditório da Prefeitura de Manaus, zona Oeste, e que trouxe para a capital os atletas Ricardo Libório e Murilo Bustamante, o “Murilo Rio”, ambos discípulos de Carlson Gracie – um dos maiores mestres do esporte no mundo.

“Esse foi um encontro que dará muitos ‘frutos’, porque queremos apoiar outras edições do projeto, levando a mensagem positiva do esporte para mais e mais jovens. Além disso, estamos estudando a viabilidade de um intercâmbio entre os nossos alunos da rede pública e alunos da Universidade da Florida Central, em Orlando, para que esses adolescentes possam ir ao exterior, estudar e ampliar seus horizontes, ao mesmo tempo em que jovens vindos de fora possam conhecer mais da nossa cidade, nossas belezas e cultura”, afirmou o prefeito.

O projeto “Jiu-jitsu de Olho no Futuro” tem o objetivo de promover o desenvolvimento humano, educacional, cultural e psicológico de crianças e adolescentes, visando a integração social e esportiva da comunidade. O projeto foi realizado pela Pitauá Publicidade, com o apoio da Prefeitura de Manaus, Mercure Hotéis, Transire Eletrônicos e Mamute.

Por pelo menos três horas, crianças e adolescentes do Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes (Saica), Casa Mamãe Margarida, Lar Batista Janell Doyle, Pequeno Nazareno, Abrigo Monte Salém, Coração do Pai, Projeto Gente Grande, Projeto Girassol, além de estudantes da rede pública de ensino da capital ouviram sobre a importância dos valores morais, da filosofia esportiva e da educação para o desenvolvimento do caráter e funções sociais.

“Agradeço ao prefeito Arthur Virgílio Neto pela oportunidade dada a esses jovens, que puderam ouvir experiências tão engrandecedoras e que mostram que, muitas vezes, é preciso lutar para vencer as dificuldades da vida. E a maior vitória é aquela que se conquista pelos próprios méritos, pela esperança e persistência”, comentou a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

Entre os participantes, Wellington Silva Santos, de 15 anos, atual medalha de ouro na categoria Puma do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu 2019, e a também medalhista Ana Beatriz, 13, que possui mais de 20 títulos na modalidade. Ambos são moradores do Monte Pascoal, na zona Norte, e lembraram que, antes de iniciarem no jiu-jitsu, enfrentavam dificuldades em casa e na escola. “Eu era muito difícil, indisciplinado e o esporte me ensinou a respeitar meus pais”, disse Wellington. “Eu era muito tímida e o esporte me ajudou a vencer isso, mesmo ouvindo que o jiu-jitsu era coisa para meninos. Persisti e tem me feito muito bem”, completou Beatriz.

Ícones das artes marciais

Ricardo Libório e Murilo Bustamante são dois grandes nomes das artes marciais brasileira. Discípulos de Carlson Gracie, mais que títulos, os atletas buscam incentivar novos jovens no caminho do esporte. Com o projeto “Jiu-jitsu de Olho no Futuro” eles pretendem disseminar a prática esportiva aliada à educação para promover transformações sociais, sobretudo em crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

“Na minha adolescência, me achava feio, era inseguro, e o jiu-jitsu me deu disciplina, autoestima, respeito. Tudo isso foi me levando a vencer os obstáculos que encontrei na vida. O projeto vem ao encontro daquilo que defendo e acredito, que o esporte pode mudar a vida de uma pessoa”, disse Murilo Bustamante, o Murilo Rio, o primeiro brasileiro a ter um cinturão do UFC. “Manaus faz parte da minha história, minha última luta como profissional foi aqui, em 2012”, finalizou o atleta.

Tendo recebido de Carlson Gracie, aos 26 anos, sua faixa preta, Ricardo Libório é o primeiro professor a ministrar o “Brazilian Jiu-Jitsu” na University of Central Florida (UCF), considerada a segunda maior dos Estados Unidos. “Manaus é um dos grandes polos de jiu-jitsu do mundo inteiro e é por isso que estamos com essa proposta de criar uma colaboração entre a UCF e Prefeitura de Manaus. O prefeito Arthur Virgílio Neto, mais que ter praticado o esporte, foi um dos grandes ídolos da Carlson Gracie e nosso representante no Senado, porque percebe o jiu-jitsu como uma ferramenta de educação”, comentou.

O evento também contou com a participação do grande mestre do jiu-jitsu Osvaldo Alves, do juiz e faixa preta Luís Carlos Valois e do casal de professores da Universidade da Flórida Central Kyle Leisher e Julie Leisher, que estavam acompanhados da filha e de um estudante do projeto ministrado por Ricardo Libório.

Texto – Alita Falcão / Semcom

Foto – Mário Oliveira / Semcom

você pode gostar também