Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Manaus vai sediar um dia de debates sobre o centenário da Semana de Arte Moderna

Em comemoração aos 100 anos da Semana de Arte Moderna, de 1922, promovida pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), foi concebido o Seminário Brasil 1922: “A Semana de Arte Moderna e seus Desdobramentos”, antecipando as comemorações que culminarão em 2022, ano do centenário, e a capital amazonense sediará um dia de debates, no próximo dia 29 de abril, na Biblioteca Municipal João Bosco Evangelista, localizada no Centro. A programação local terá transmissão on-line e será realizada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e Concultura.

Manaus ganhou destaque no evento, que aconteceu no último dia 6 de abril, pela estada do poeta Mário de Andrade na cidade no ano de 1927 e por sua obra literária, apresentada pelo diretor-presidente da (Manauscult), Alonso Oliveira, durante a Semana de Arte Moderna. “Esse evento é de suma importância para todos nós, manauenses e, principalmente, acredito eu, para os acadêmicos, amantes da literatura”, avaliou Oliveira.

O prefeito de Manaus, David Almeida, ressaltou a importância da parceria e a relevância do evento para a educação e a promoção da cultura manauense e amazônica no meio acadêmico e cultural brasileiro. “A importância do universo amazônico ganhou projeção nas obras de Mário de Andrade, influenciando um forte movimento local literário e demais artes que reverberam até hoje”, afirmou.

Em retribuição ao intercâmbio com convidados de São Paulo e artistas e especialistas locais, a programação contará com palestras, mesas temáticas e apresentações artísticas realizadas por escritores e intelectuais amazonenses.

Texto – Emanuelle Baires / Manauscult

Foto – Emanuelle Baires e Oliveira Júnior / Manauscult

-publicidade-