Take a fresh look at your lifestyle.

Mandado de prisão – Polícia Civil captura três indivíduos por homicídio na zona oeste de Manaus

-publicidade-

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), prendeu, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, Anderson Souza de Castro, 27; Patrick Melo e Silva, 25, e Saulo Ferreira dos Santos, 23, acusados de envolvimento nos homicídios de Deivid Martins de Oliveira, 17, e Wellison Magno da Silva, 18, ocorridos no dia 14 de dezembro deste ano. A prisão ocorreu às 6h30, desta quarta-feira (23/12), na Comunidade Parque Riachuelo, bairro Tarumã, zona oeste de Manaus.

Em entrevista coletiva realizada ainda nesta quarta, na sede da DEHS, o delegado Charles Araújo, titular da Especializada, informou que no dia 10 de dezembro, Welisson foi sequestrado e torturado por conta de uma dívida relacionada ao tráfico de drogas. Na ocasião, uma equipe da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) interceptou a tortura e impediu que ele fosse morto.

“No dia 14, Wellison estava em um veículo, no bairro Lago Azul, por volta das 3h da madrugada, indo para sua residência, juntamente com quatro pessoas, quando foi cercado por indivíduos, que efetuaram disparos no carro. Deivid, que estava no interior do automóvel, foi morto nos disparos. Wellison tentou fugir, mas foi capturado pelos homens armados. Por volta das 11h30, o jovem foi encontrado morto, na Comunidade Monte Horebe”, destacou o delegado.

Os mandados de prisão preventiva contra Anderson e Saulo foram expedidos, na última sexta-feira (18/12), pela juíza Eulinete Melo da Silva Tribuzy. Já o mandado de Patrick foi expedido, nesta segunda-feira (21/12), pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro. Todos os três mandados foram expedidos pelo Plantão Criminal.

Procedimentos – Anderson, Patrick e Saulo foram presos em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio. Quando o mandado de Saulo estava sendo cumprido, ele também foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Após os procedimentos cabíveis na Especializada, o trio será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficarão à disposição da Justiça.

FOTO: Antônio Belmont/ PC-AM.

-publicidade-