Take a fresh look at your lifestyle.

Máscaras, álcool gel e Ivermectina têm recorde de vendas em farmácias do Grupo Tapajós

-publicidade-

Com os casos de Covid-19 aumentando a cada dia em Manaus e outras capitais do Norte, cresceu consideravelmente a busca da população por itens de proteção ao novo coronavírus, causador da doença. Nas redes de farmácias Santo Remédio, FarmaBem e Flexfarma, pertencentes ao Grupo Tapajós, os registros de vendas dos últimos dois meses de 2020 mostram um grande salto na demanda por máscaras, álcool gel e o medicamento Ivermectina. Já os dados dos primeiros dias deste ano apontam para uma tendência de crescimento nas buscas por esses itens.

Para se ter ideia, em dezembro, o volume de vendas de máscaras de proteção individual foi 265% maior que em novembro. Já em relação ao álcool gel, o crescimento nas vendas de dezembro ante novembro representou um crescimento de 58% na demanda.

Em relação aos medicamentos inclusos nos protocolos de tratamento da Covid-19, a Ivermectina foi a que teve maior demanda nas drogarias do Grupo Tapajós. O aumento nas vendas de dezembro sobre novembro foi de mais de 300%. Já a Azitromicina aumentou em 144% o número de caixas vendidas.

A direção do Grupo Tapajós, líder no varejo e atacado farmacêutico da região, garante que, mesmo com o aumento na demanda, não há riscos de desabastecimento nas lojas de suas redes. “Temos produtos em estoque, e sem aumento de preço, para atender a população que precisa mais do que nunca da nossa estrutura para proteção e cuidado da saúde”, informa a gerente de marketing, Carolina Cunha.

Demanda por testes para Covid-19

Em paralelo ao crescimento da demanda por itens de proteção, cresceu também a procura da população por testes para a infecção pelo novo coronavírus. Somente na rede Santo Remédio, as vendas em dezembro aumentaram 257% se comparado a dados do penúltimo mês de 2020.

Ainda de acordo com a direção comercial do Grupo Tapajós, agora em janeiro há uma tendência de aumento na ordem de 70% em relação a dezembro para a procura.

O movimento levou a direção da empresa a aumentar a oferta de testes nas suas redes em Manaus. Agora são cinco unidades na rede Santo Remédio, que antes só contava com três, e mais duas na rede FarmaBem. Mas além destas sete, o Grupo já providencia a oferta de testes em outras unidades da capital amazonense.

Os atendimentos estão sendo feitos via agendamento por telefone, para evitar aglomerações. Abaixo você confere os endereços das lojas onde há oferta de testes em Manaus e os telefones para agendamento.

Santo Remédio: 5 lojas fazendo AG e IGG/ IGM

Rua Tancredo Neves, Nº 828 – Parque Dez de Novembro | (92) 98115-8769

Rua 11, nº 32, QD. 06, Conj. Parque Tropical – Pq. Dez de Novembro | (92) 98439-6727

Av. Darcy Vargas, nº 752, Parque Dez de Novembro | (92) 99361-9421

Av. Coronel Teixeira, nº 5006 – Ponta Negra | (92) 98416-6594

Rua Borba, nº 876 A – Cachoeirinha – 69065-030 | (92) 98126-3413

FarmaBem: 2 lojas fazendo AG e IGG/IGM

Djalma Batista, nº 1255, Qd. 32 Conj. Vieiralves – N. S. das Graças | (92) 99507-3820

Av. Sen. Fabio Lucena, nº 87 – Japiim | (92) 98406-9596

Diferenças entre os testes

A diferença entre os testes IGG/IGM e AG é que o primeiro é feito a partir de algumas gotas de sangue coletadas da ponta do dedo do paciente, revelando se seu organismo entrou ou não em contato com o novo coronavírus, por meio da produção de anticorpos. O exame é indicado para quem está com mais de oito dias de sintomas.

Já o AG é realizado a partir da coleta de secreções da mucosa nasal do indivíduo, através de um swab (cotonete), sendo indicado para realização entre o 1º e o 8º dias de sintomas. Ele detecta o vírus ainda ativo no organismo, informado se a pessoa está ou não com a doença. Ambos os testes são rápidos e os resultados saem em até 20 minutos no máximo.

Foto: divulgação

-publicidade-