Take a fresh look at your lifestyle.

Médicos da Fundação de Medicina Tropical participam de formação em genotipagem

-publicidade-

Médicos da Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado (FMT/HVD) participam, nesta quarta-feira (18/09), de uma oficina de atualização e formação de médicos em genotipagem (MRG) em São Paulo. A oficina é promovida pelo Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) do Ministério da Saúde. Três médicos da FMT/HVD participam.

O MRG é responsável por analisar e interpretar a resistência genotípica – que são as mutações do HIV – detectadas através do exame de genotipagem. O uso do Sistema de Informação para Rede de Genotipagem (Sisgeno) permite a consulta de exames e emissão de parecer dado pelos médicos.

O objetivo das oficinas é atualizar os conceitos de genotipagem e estruturar a atuação de MRG nos estados, com intuito de garantir a suficiência das redes estaduais e a qualidade dos laudos no Sisgeno.

No ano passado, foram capacitados 120 médicos de todo Brasil e mais 40 médicos infectologistas foram formados. O curso é presencial e tem duração de 12h, mais carga horária de ensino on-line que deve ser cumprida e que envolve a elaboração de laudos no sistema, com acompanhamento e avaliação de um tutor.

A conclusão da formação resultará em mais profissionais para compor a Rede Nacional, dando suficiência e agilidade nos laudos dos exames para a população.

-publicidade-