Segundo Joyce Coelho, a vítima tinha Síndrome de Down, cardiopatia e estava com pneumonia

Na manhã desta quarta-feira (20), a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) registrou a morte de uma menina de um ano e um mês, em um posto do Ministério Público do Estado (MPE), dentro de um shopping na Zona Leste de Manaus.

Segundo a Depca, a mãe da vítima chegou ao local dizendo que a criança havia sido estuprada. A menina teve uma parada cardiorrespiratória e morreu no local.

“Nós recebemos um chamado diretamente do Ministério Público. A mulher chegou com a criança dando indicativo de que a menor havia sofrido algum abuso, já tirando a fraldinha e mostrando as partes íntimas para os servidores”, contou a delegada Joyce Coelho, ao G1 da Globo.

A autoridade policial destacou que a vítima estava com falta de ar e os servidores acionaram o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). Os médicos tentaram reanimar a criança, mas ela não resistiu.

A criança, segundo Joyce Coelho, tinha Síndrome de Down, cardiopatia e estava com pneumonia. A delegada relatou que a menina apresentava indícios de abuso sexual, mas só um laudo do Instituto Médico Legal (IML) vai confirmar.

A mãe não prestou depoimento, pois apresentava quadro de esquizofrenia. Ela foi encaminhada a uma psicóloga. Já a avó e tia materna da criança prestavam depoimento.

Um Boletim de Ocorrência por estupro de vulnerável foi registrado na Depca. Ainda não há suspeitas de quem possa ter cometido o crime. Com informações do G1 da Globo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here