As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Mesmo com COVID19 mercado de influenciadores digitais não ficará abaixo de US$ 5 bilhões em 2020

Executivo especialista em marketing de influência, Fred Furtado avalia o mercado de publicidade nas redes sociais durante a pandemia e projeta crescimento pós covid-19.

Desde 2010 o Instagram cresceu e rapidamente ganhou popularidade. Hoje, com mais de 1 bilhão de usuários ativos mensais, se tornou não apenas uma das principais redes sociais, mas também a plataforma mais estrategicamente importante para o Marketing de Influenciador. Ano passado, quase 90% de todas as campanhas de influenciadores incluíram o Instagram como parte do mix de marketing – mais do que qualquer outro canal de mídia social.

Segundo Fred Furtado, CEO da Tubelab, empresa especializada em marketing de influência, o mercado de influenciadores do Instagram atingiu a cifra de 5,24 bilhões de dólares em 2019 e para 2020, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, este nicho não sofreu grandes abalos: “apesar da covid-19, que impactou todos os setores da economia mundial, se compararmos o dinheiro gasto em publicações e artigos patrocinados no primeiro trimestre de 2019 e no primeiro trimestre de 2020 nas redes sociais podemos ver que o Marketing de Influência não sofreu tanto quanto em outros setores. Em vez disso, pode-se dizer que não houve queda, apenas deixou de crescer.”

Análise de mercado

A Tubelab estimou o tamanho do mercado de influencers em 2019, analisando mais de 3 milhões de postagens marcadas como “patrocinadas” ao redor do mundo: “Atualmente, o número de usuários ativos diários do Instagram Stories é de 500 milhões. Esse número tem aumentado continuamente desde 2016, quando o Instagram lançou o novo formato. Os anunciantes também incluíram Stories em sua estratégia de marketing de influenciadores e o número de integrações está crescendo exponencialmente. Nossas estimativas mostram que mais de 47% das integrações patrocinadas ocorrem para o Stories.”

Publicidade online pós covid-19

Fred Furtado acredita que o impacto final da pandemia neste mercado dos influenciadores digitais dependerá de diversos fatores: “embora o orçamento tenha diminuindo até 68% nas empresas em relação aos gastos com publicidade corporativa, com base na comparação entre as verbas gastas em publicações e artigos patrocinados no primeiro trimestre de 2019 e no primeiro trimestre de 2020, estimamos que o tamanho do mercado do Marketing de Influência no Instagram, será de US$ 5 bilhões a US$ 6,5 bilhões em 2020. Isto mostra que marcas e anunciantes estão procurando formas mais eficazes de compartilhar seu conteúdo para as massas nos canais digitais. Como uma das poucas maneiras viáveis de os anunciantes se conectarem com o público, o marketing de influência continuará a crescer.”

Foto: Tubelab / MF Press Global