Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Ministério da Saúde reforça ações contra a Covid-19 no interior do Amazonas

Comitiva do Ministério da Saúde e governos estadual e municipal visitou município de Itacoatiara nesta quarta (03/02) para traçar plano de ação para a rede de saúde local

Manaus – O Ministério da Saúde, em ação integrada com o governo do Amazonas e prefeituras do estado, está reforçando as ações de enfrentamento à Covid-19 nos municípios do interior. Uma das primeiras cidades a ter plano de ação definido é Itacoatiara, a 270 quilômetros da capital amazonense, na Região Metropolitana de Manaus. A cidade detém um dos mais graves cenários de contágio e letalidade pela doença fora da capital.

Uma comitiva formada por representantes do governo estadual e do Ministério da Saúde esteve no município nesta quarta-feira (03/02) para traçar um diagnóstico da estrutura física da rede assistencial, recursos humanos, práticas e procedimentos. Eles realizaram reuniões com o prefeito e vereadores da cidade, e fizeram uma visita ao Hospital José Mendes.

Conforme recomendação do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, Itacoatiara também deverá fortalecer o atendimento na atenção básica. O objetivo é fazer uma barreira sanitária para impedir o agravamento do quadro do paciente e a consequente busca pelo atendimento de média e alta complexidade, hoje em situação crítica no Amazonas. Como ação imediata, foi decidida a montagem de uma tenda de triagem para atendimento e testagem de pacientes.

Entre as ações da pasta está a oferta de apoio técnico para ampliação da rede de assistência e para implantação de usinas geradoras de oxigênio. Equipamentos como respiradores e monitores, medicamentos e testagem em massa também fazem parte do planejamento para Itacoatiara, que deverá servir de modelo para os demais municípios.

O assessor especial do Ministério da Saúde Airton Cascavel, que acompanhou a comitiva, ressaltou a soma de esforços para ajudar o interior e disse que a missão é de apoio às ações do município, que tem autonomia de gestão para organizar o sistema de saúde. “O Ministério da Saúde, o governo do Estado e a prefeitura estão unindo forças para melhorar a gestão da saúde”.

Texto: Jacira Oliveira, especial para a Agência Saúde

Foto: Divulgação/Secom

-publicidade-