As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Ministério Público Federal no Amazonas adotam regime integral de teletrabalho

Medida foi adotada para prevenir contato pessoal. Atendimento ao público externo será feito por meio dos canais virtuais

A partir desta quinta-feira (19), membros e servidores, estagiários e colaboradores do Ministério Público Federal (MPF) em Manaus e Tabatinga (AM) deverão trabalhar de casa. A medida atende a determinação de portaria do procurador-geral da República e tem o objetivo de reduzir o contato pessoal para prevenir a transmissão do novo coronavírus. No Amazonas, a chefia da unidade já havia editado atos normativos estabelecendo o regime de teletrabalho para grande parte dos setores internos, entre outras medidas de prevenção.

De acordo com a Portaria PGR/MPU nº. 76, o comparecimento pessoal em todas as unidades fica dispensado: os membros, servidores e estagiários do MPF no estado continuarão prestando seus serviços por meio de teletrabalho. Já os terceirizados serão dispensados, sem prejuízo do pagamento dos contratos por parte da Administração. Para garantir o integral funcionamento da instituição, a portaria estabelece que membros, servidores, estagiários e colaboradores deverão ficar de sobreaviso para atendimento das demandas, o que deve ser feito preferencialmente de forma remota. As atividades incompatíveis com o teletrabalho ficam suspensas.

Caso necessário, os cidadãos deverão utilizar os meios eletrônicos para acessar os serviços do Ministério Público Federal, como protocolo de documentos, consultas a andamentos de processos ou apresentação de representações. As informações estão disponíveis no endereço http://www.mpf.mp.br/mpfservicos e também podem ser acessadas pelo celular, por meio do aplicativo MPF Serviços, disponíveis nas principais plataformas digitais.