Take a fresh look at your lifestyle.

Ministro garante manutenção do Fies

-publicidade-

O ministro da Educação, Mendonça Filho, garantiu que o governo federal vai renovar e honrar, retroativamente, os contratos relativos ao Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies. “Quero tranquilizar os jovens que dependem do Fies para financiar seus estudos que não haverá nenhum prejuízo quanto à renovação ou à contratação de novos financiamentos de acordo com o cronograma estabelecido. Nós, como se sabe, encontramos o orçamento do Ministério da Educação sem a dotação financeira suficiente para novos contratos e para a renovação dos antigos”.
As faculdades particulares que participam do programa estão sem receber os pagamentos desde agosto. Caso a divida não seja quitada, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil não terão como liberar os aditamentos relativos ao segundo semestre deste ano.

Mendonça Filho lamentou que o Congresso Nacional ainda não tenha votado os projetos de lei que autorizam a abertura de créditos suplementares para alguns ministérios, entre eles, o que libera 702 milhões e 500 mil reais para o Fies. O dinheiro vai ser usado para pagar a dívida do governo com os bancos públicos.

Nesta quinta (7), a sessão do Congresso que analisava a questão foi suspensa por falta de quórum. Por isso, o ministro não descartou a possibilidade de o governo federal editar uma Medida Provisória para liberar os recursos do programa.

-publicidade-