Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Morre Paulinho Faria, ícone do Boi Garantido

Morreu nesta segunda-feira (22/02), o empresário e ex-apresentador da Associação Folclórica Boi Garantido, Paulinho Faria. Mais uma vítima da Covid-19, ele havia sido internado em uma unidade de saúde de Parintins no dia 30 de janeiro. Com 75% dos pulmões comprometidos, Paulinho Faria foi transferido para Manaus, para continuar o tratamento, mas não resistiu à doença.

A informação foi divulgada por Zezinho Faria, irmão do artista, em uma rede social às 15h18. “Com imensa tristeza comunico que neste instante acabou de falecer o meu querido irmão Paulinho Faria”, disse.

Uma lenda do festival de Parintins

Paulinho Faria apresentou pela primeira vez o boi Garantido em junho de 1975, aos 15 anos de idade. Nos 26 anos, em que exerceu a função, venceu 24 vezes o item apresentador, e quando acumulou as funções de apresentador e levantador de toadas, em 1991 e 1993, ganhou nos dois itens, conseguindo, portanto, 26 vitorias em 26 anos defendendo o boi do povão.

Partiu de Paulinho a ideia de levar ao ar o primeiro programa de boi bumbá numa emissora da cidade, e nos anos 70, foi responsável, em grande parte, pelo início da enorme rivalidade, ao “cutucar” o boi contrário por toda a cidade, em um carro som da loja da família. O Caprichoso tratou de revidar”.

Em 1991 levou para o Garantido o Chico da Silva, que só fazia toadas para o boi Azul. Em 1994, convidou David Assayag para fazer parte do grupo de apoio ao levantador de toadas do boi vermelho.

Paulinho é conhecido até hoje como o “garoto de ouro do boi Garantido” tendo lançado expressões como:
– A contagem, 1, 2, 3, e, já….é agora, é agora, é agora galera vermelha e branca….
– Mas quem é Garantido levante o braço?… eu sou, eu sou….
– Lê lê lê lê lê lê…

Paulinho “consertava” com facilidade, falhas que ocorriam nas apresentações do garantido, como na evolução de uma coruja gigante que sobrevoava a arena, e teve a asa quebrada bem em frente à comissão julgadora. Ele rapidamente chamou a atenção para a preservação da fauna amazônica, falando que um caçador inescrupuloso acabara de atirar na coruja. Na apuração, a coruja levou nota 10, e o garantido venceu no quesito alegoria.

Nos 26 anos, em que apresentou o Garantido, Paulinho Faria enfrentou 12 apresentadores do boi Caprichoso.

Em 2001, seguindo orientação médica após lesão auditiva, Paulinho apresentou o garantido pela última vez.

Paulinho faria, o eterno apresentador do boi Garantido.

 

Com informações da som13.com.br

-publicidade-