O interesse pelo rádio como uma ferramenta de comunicação viável para a disseminação de informações na Amazônia uniu cerca de 12 jovens e lideranças comunitárias, nos dias 10 e 11 de agosto, na I Oficina de Rádio “Tocando o Barco” do Mosaico do Baixo Rio Negro (MBRN), realizada no Espaço FVA, na cidade de Novo Airão.

Ministrada pelos radialistas Manoela Moura e Anderson Souza, da Rádio Rio Mar, de Manaus, e pelo jornalista Cristóvão Nonato, da TV Cultura do Amazonas, a oficina contou com aulas teóricas e práticas. O resultado foram três programas experimentais nos quais os participantes se revezaram entre locutores, repórteres e entrevistados, inserindo conteúdos reais e fictícios para a realização do exercício. Os programas podem ser conferidos em http://bit.ly/TocandoOBarco.

A Gerente de Comunicação da Fundação Vitória Amazônica (FVA) e secretária executiva do MBRN, Ana Cíntia Guazzelli, explicou que a ideia da oficina surgiu a partir da demanda dos próprios líderes e comunitários, principalmente das 13 unidades de conservação que compõem o Mosaico. “Eles queriam ter acesso a meios de comunicação que lhes permitissem circular informações sobre suas realidades e sobre o próprio mosaico, e a rádio, certamente, desponta como o veículo mais acessível às comunidades amazônicas”.

Esta oficina de rádio foi a primeira de uma série de formações em Comunicação que a FVA tem intenção de oferecer. A instituição está montando uma sala multimídia, no Espaço FVA, em Novo Airão, com equipamentos e programas para o desenvolvimento de programas de rádio e edição de vídeos e fotos. Isto possibilitará aos jovens e lideranças a oportunidade de desenvolverem novas habilidades para que, através das produções realizadas a partir de suas próprias histórias, eles possam cada vez mais assumir o protagonismo de suas realidades.

Com a criação do grupo no WhatsApp “Tocando o Barco”, os participantes e instrutores pretendem se manter em contato e compartilhar por esse canal dúvidas e informações, bem como suas produções. Há a intenção, no futuro, de se criar uma Web Rádio.

O evento foi coordenado pela FVA, com apoio da Fundação Betty & Gordon Moore, do ICMBio e da Pousada Bela Vista, de Novo Airão.