Take a fresh look at your lifestyle.

Motorista por aplicativo e comparsas são flagrados com 2.300 trouxinhas de drogas em Manaus

-publicidade-

Um motorista de transporte por aplicativo e outros dois homens, suspeitos de tráfico de drogas, foram presos na madrugada desta quarta-feira (08/04) por policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), no bairro Monte das Oliveiras, zona norte da capital. Com o condutor, que já havia sido abordado pelos policiais em outras ocasiões, e os demais suspeitos, foram apreendidas 2.300 trouxinhas de supostamente oxi e um veículo modelo Voyage de placas OAF-8588, que era utilizado para fazer a entrega de drogas.

O Supervisor da Área (SA) da 26ª Cicom, tenente Ronaldo Azevedo, informou que, por volta das 1h50, durante patrulhamento na área, na rua Massaranduba, a guarnição observou o veículo parado próximo a um shopping center e notou quando um dos passageiros, ao perceber a chegada da polícia, saiu do carro e empreendeu fuga.

“Esse motorista de aplicativo já é bastante conhecido aqui na nossa área, já tinha sido abordado diversas vezes, em atitude suspeita, e sempre alegava ser trabalhador e que estava aguardando chamadas. Nessa madrugada, foi visto novamente parado nas proximidades de um shopping center e, no momento da aproximação, a guarnição percebeu que um dos passageiros saiu do veículo e empreendeu fuga. Nesse momento foi feita a abordagem”, disse o tenente.

No momento da revista pessoal, estavam o motorista e mais dois passageiros, e os policiais encontraram várias porções de supostamente oxi nos bolsos de todos eles. “Os comparsas logo o entregaram e disseram que ele fazia parte do grupo e também foram encontradas algumas trouxinhas no bolso dele. Durante uma busca minuciosa no interior do veículo, a guarnição encontrou mais uma sacola, contendo mais de 2 mil trouxinhas da mesma substância”, relatou Azevedo.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos três suspeitos, que foram conduzidos ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos legais.

FOTO: Divulgação/PMAM

-publicidade-