Flagranteado por homicídio culposo no 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o motorista que dirigia o ônibus que atropelou e matou um menino de seis anos, em Manaus, no último domingo (13), foi liberado após pagamento de fiança. O caso foi transferido para a Delegacia Especializada em Acidentes de Trânsito (Deat) que vai dar andamento aos trâmites.

O menino Maciel Lemos tentou atravessar a rua Cristiano Machado, bairro Flores, na Zona Centro-Sul da capital, correndo, quando foi atropelado pelo ônibus do transporte coletivo que trafegava na contramão. Ele morreu na hora.

Uma Verificação Preliminar de Informação (VPI) foi instaurada para apurar a ocorrência.