“Tudo leva a crer que existe um despreparo da prefeitura na confecção do Plano de Mobilidade Urbana

Desde o último dia 19 quando a faixa azul, exclusiva para o sistema Bus Rapid System (BRS), passou a ser exclusiva para o tráfego dos ônibus, os motoristas do transporte coletivo notaram diversas melhorias ao utilizar o corredor exclusivo, principalmente em relação ao tempo de deslocamento das linhas. Um levantamento feito pelo Acordo Operacional (ACOP) do Sindicato da Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) revela que com a utilização do corredor, foi possível reduzir em 30% o tempo de viagem.

O motorista da empresa Via Verde, Carlos Moreira, que opera na linha 208, afirma que o BRS ajudou a reduzir o tempo de viagem, além de trazer mais qualidade de vida para os operadores e também para os passageiros.

“Com o BRS melhorou 100%, pois como não enfrentamos engarrafamentos, o tempo de viagem reduziu. Antes chegava sempre atrasado no ponto final e nem dava tempo de descer do ônibus para beber água. Agora consigo ir ao banheiro e me preparar melhor para seguir a próxima viagem. Muitos usuários elogiaram a rapidez, inclusive estão deixando de esperar os ônibus da faixa da direita para pegar a nossa linha na plataforma BRS”, comenta.

Para o motorista Miguel Moreira, que opera a linha 640 da empresa Rondônia, o BRS aumentou a preferência dos usuários e melhorou o fluxo das viagens, pois as linhas estão chegando mais rápido aos seus destinos.

“Antes da faixa azul eu completava o itinerário em 2 horas 15 minutos, no horário de pico. Agora eu faço o trajeto em 2 horas, tranquilo. Tenho notado que os passageiros estão mais satisfeitos com a viagem, sem engarrafamento. O BRS também tem atraído os usuários para os ônibus da faixa exclusiva”, afirma.

Motoristas orientados

De acordo com o assessor jurídico do Sinetram, Fernando Borges, desde o momento que a prefeitura anunciou a fiscalização na faixa exclusiva, os motoristas das empresas de transporte foram orientados a não trafegarem pela faixa central. Sendo assim, na avenida Constantino Nery, os ônibus só poderão trafegar na faixa da direita e na faixa do BRS.

“Essa é uma determinação que visa melhorar o sistema BRS e o Sinetram apoia. Nossos motoristas já foram orientados sobre essa nova regra que vai dar fluidez ao trânsito, e tenho certeza que eles vão se empenhar ao máximo para fazer o trabalho da melhor forma possível. A multa é natural que exista, mas nós acreditamos que não haverá infração, pois os motoristas são orientados a seguir a regra”, comenta Borges.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here