Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Moura Tapajóz abre 12ª Semana de Enfermagem abordando o trabalho em enfermagem no contexto de crise

A Maternidade Dr. Moura Tapajóz (MMT), da Prefeitura de Manaus, realizou nesta segunda-feira, 10/5, às 9h, a cerimônia virtual de abertura da 12ª Semana de Enfermagem da unidade, organizada com o apoio da Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras (Abenfo). Este ano, em razão da pandemia pelo novo coronavírus e da prioridade nacional para a agenda do enfrentamento da Covid-19, a programação será 100% on-line, respeitando todos os protocolos de segurança dos órgãos de Saúde.

O evento, que segue o tema proposto pela 82ª Semana Brasileira de Enfermagem, da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn), foi iniciado com a mesa-redonda sobre o mesmo tema central: “O trabalho da enfermagem no contexto da crise social, política, econômica e sanitária”. O objetivo é reafirmar a importância das trabalhadoras e trabalhadores em enfermagem na defesa da vida, no contexto de aprofundamento da crise sanitária no Brasil e no mundo.

“Essa pandemia só deixou mais evidente o papel crucial que a enfermagem desempenha nos serviços de Saúde. Nesse período, estivemos sempre na linha de frente e, em consequência disso, infelizmente um dos maiores números de mortes em razão da Covid-19 foi registrado entre os profissionais de enfermagem, especialmente os técnicos, profissionais que estiveram o tempo todo se expondo e arriscando suas vidas para cuidar do outro”, explicou a diretora da MMT, enfermeira Núbia Pereira da Cruz.

O gerente de Enfermagem da MMT, Everton de Freitas Gomes, ressaltou a importância de se valorizar a profissão. “Dia 12 de maio, comemoramos o Dia Internacional da Enfermagem e dia 20 de maio celebramos o Dia Internacional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem, no entanto, não temos muito a comemorar. É muito triste relembrarmos a longa lista de colegas que perdemos no último ano. Mas, com esse evento, queremos homenagear a memória de cada um que se expôs e deu sua vida durante essa pandemia, além dos outros milhares que continuam na batalha e merecem ter seu trabalho e dedicação valorizados”, afirmou Everton Gomes. “Por isso, um dos assuntos que abordaremos durante esta semana, será a importância da aprovação do Projeto de Lei 2.564/2020, que fixa o piso salarial para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem da rede pública e privada de todo Brasil e que será muito importante para nossa categoria e para a dignidade da nossa profissão”, completou.

Também participaram da mesa de abertura, a enfermeira e assessora da Subsecretaria Municipal de Gestão da Saúde, Aldeniza Araújo de Souza; o presidente da Associação Brasileira de Enfermagem Seção Amazonas, Darlison Souza Ferreira; a coordenadora do Serviço Social da Maternidade Dr. Moura Tapajóz, Kátia Patrícia Gonçalves de Souza; e o presidente do Conselho Regional de Enfermagem, Sandro André da Silva Pinto.

Sandro André também destacou durante sua fala a extrema importância da realização da Semana de Enfermagem, ainda que em meio à crise sanitária. “A equipe da Maternidade Moura Tapajóz está de parabéns, pois a realização deste evento é um grande sinal da resiliência dos profissionais de enfermagem. Somos mais de 52 mil profissionais no Amazonas e 2,3 milhões em todo Brasil. Passamos por todo tipo de dificuldade, mas seguimos cuidando da população e lutando por nossa profissão”, destacou o presidente do conselho regional, que ainda convocou os profissionais para uma carreata pela valorização profissional da enfermagem, que será realizada dia 12 de maio, com concentração às 8h30, na avenida do Samba.

A programação da 12ª Semana de Enfermagem seguirá até sexta-feira, 14/5, quando os temas serão alusivos ao Dia do Assistente Social, celebrado em 15 de maio, abordando a “Humanização da Assistência no Contexto de Crise” e o “Papel do Assistente Social na Redução da Morte Materna”.

Texto – Marcella Normando / Semsa

Foto – Divulgação / Semsa

-publicidade-