Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Moura Tapajóz estabelece Protocolo de Parto e Nascimento da maternidade

A maternidade Dr. Moura Tapajóz, da Prefeitura de Manaus, iniciou oficialmente nesta quarta-feira, 24/2, a institucionalização de seu Protocolo Assistencial de Parto e Nascimento, primeiro a ser elaborado por uma maternidade no Amazonas. A divulgação para todos os servidores e colaboradores da maternidade foi iniciada por meio de orientações presenciais por setor e reuniões virtuais, realizadas pelo Núcleo de Educação Continuada e Permanente da unidade. Em razão da pandemia, as oficinas presenciais de capacitação para os 727 funcionários foram adiadas por tempo indeterminado.

“São novas formas de pensar, de fazer e de atender o nosso usuário, sempre baseadas nas mais recentes evidências científicas, e que vão garantir o melhor atendimento possível às mulheres, aos recém-nascidos e às famílias”, afirmou a secretária municipal de Saúde interina, Aline Martins.

O protocolo, fruto de um extenso trabalho de estudos e de discussões realizados pelos profissionais da unidade, apresenta orientações sobre as práticas recomendadas no momento do parto e nascimento, segundo o preconizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS); pelo Ministério da Saúde, por meio da Rede Cegonha; e pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec).

De acordo com a diretora da maternidade, a enfermeira obstetra Núbia Pereira da Cruz, o protocolo é necessário para padronizar o atendimento prestado por todos os profissionais da Moura Tapajóz. “O protocolo é de suma importância, tanto para os usuários quanto para os profissionais e para a própria maternidade, pois garante o alinhamento das práticas de assistência, pois as práticas, com o tempo, sofrem alterações em virtude da atualização dos estudos e da construção de novas evidências científicas e precisamos estar sempre nos atualizando”, explicou.

Texto – Marcella Normando/Semsa

Foto – Divulgação / Semsa

-publicidade-