Amazonas Notícias

Moura Tapajóz promove curso sobre aplicação do formulário de observação e avaliação da mamada

Moura Tapajóz promove curso sobre aplicação do formulário de observação e avaliação da mamada

Preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em puérperas e seus respectivos bebês internados na maternidade, o formulário de observação da mamada é tema de curso promovido pela Maternidade Dr. Moura Tapajóz, da Prefeitura de Manaus, nesta quarta-feira, 6 de março. No formulário, é possível avaliar sinais favoráveis e sinais sugestivos de dificuldades para uma amamentação adequada e segura.

O curso, ministrado pela neonatologista responsável pelo Ambulatório Terceira Etapa Canguru, Follow Up e pelo Posto de Coleta de Leite Humano da MMT, Briza Rocha, e pelas enfermeiras Lílian Aguiar, Maria Alice Santos e Suellen Oliveira Couto, tem como público-alvo médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem do Alojamento Conjunto da unidade e seguirá acontecendo em diversas datas e horários até 27 de março, nos turnos matutino, vespertino e noturno.

“O formulário foi desenvolvido para auxiliar os profissionais a identificar possíveis problemas na amamentação de nutrizes ou lactentes que não estão com mamadas satisfatórias, ou seja, ganho ponderal do bebê não adequado, fissura ou dor para amamentar, dificuldade na pega, entre outras queixas relativamente frequentes”, explicou Briza Rocha.

Ainda segundo a médica, no curso, os profissionais de saúde são orientados sobre a forma de observar a posição corporal da mãe e do bebê, a progressão do tempo de mamada e a avaliação de sua eficiência, pega e sucção, entre outros aspectos, que podem auxiliá-los na identificação de problemas, no planejamento do cuidado e direcionamento de intervenções.

“Queremos assegurar que a observação seja feita dentro dos parâmetros corretos, das mais modernas práticas de cuidado neonatal e de forma atenta, em toda sua dimensão, buscando tratar e observar cada mãe e cada bebê de forma única, levando em consideração suas individualidades e capacidades próprias e intransferíveis”, concluiu.

Vídeos informativos – Para quem já saiu da maternidade e ainda precisa de ajuda, a Moura Tapajóz disponibiliza, de forma permanente, vídeos informativos com o objetivo de incentivar, promover, proteger e apoiar o aleitamento materno. Os links para os vídeos estão na página oficial da Maternidade Dr. Moura Tapajóz no site da Semsa (https://semsa.manaus.am.gov.br/maternidade-moura-tapajoz) e o conteúdo é voltado tanto aos profissionais de saúde quanto à população em geral.

Os temas abordados incluem o papel da amamentação no desenvolvimento orofacial (face e boca) do bebê, a importância do aleitamento materno para o desenvolvimento nutricional infantil, e orientações gerais sobre a amamentação, como pega, posições para amamentar e sinais de fome do bebê.

“Se houver alguma dificuldade para amamentar, não recorram e nem aceitem imediatamente a fórmula infantil. Nesse momento, é importante procurar ajuda e orientação profissional, seja com um profissional particular, seja numa unidade de saúde pública ou na própria maternidade. A fórmula só pode ser utilizada em casos muito específicos e com recomendação médica. Não acreditem em mitos como de que seu leite é fraco ou coisas assim. Não existe leite fraco”, advertiu a neonatologista Briza Rocha.

— — —

Publicado em – https://www.manaus.am.gov.br/noticias/saude/curso-aplicacao-formulario-mamada/  

Texto – Marcella Normando / MMT / Semsa

Fotos – Divulgação / Semsa

Relacioandos