Take a fresh look at your lifestyle.

MPAM convoca comunidade da BR 174 para falar sobre serviços de Saúde na zona rural de Manaus

As informações levaram à abertura do Inquérito Civil para apurar as condições do serviço prestado pela Unidade Básica de Saúde Rural

-publicidade-

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) por intermédio da 58a. Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos à Saúde (Prodhsp) realiza nesta quarta-feira (25), a partir das 09h, no auditório da Escola Municipal Maria Leide Amorim, uma Audiência Pública sobre serviços de atendimento da rede pública de saúde.

Em visita prévia motivada por denúncia que chegou ao MPAM, a Promotora de Justiça Silvana Nobre Cabral detectou deficiência no serviço de saúde aos moradores de áreas adjacentes à BR-174, do km 01 ao km 50.

“Nós pretendemos ouvir a população sobre os problemas que tem enfrentado com o vácuo assistencial que se dá na BR-174, cuja a competência é do município de Manaus”, disse a Promotora Silvana Cabral.

As informações levaram à abertura do Inquérito Civil 039.2018.000400 para apurar as condições do serviço prestado pela Unidade Básica de Saúde Rural (UBSR) no. 48, na Comunidade São João, no km 04, da BR-174, como também na Base Operacional da localidade Santa Fé, no km 08.

“É uma população que é pouco vista até porque ela é grande porém é muito dispersa, muitas vezes de difícil localização e de difícil acesso que realmente precisa de um olhar mais apurado para não deixá-la fora do sistema de saúde”, finalizou a Promotora Silvana.

De acordo com o levantamento prévio A UBSR no. 48 está subordinada à UBS José Figlioulo (Disa Norte) e não possui um diretor, cabendo ao médico e a enfermeira a administração compartilhada. Outros problemas foram detectados e vão ser novamente levantados em audiência pública para a busca de soluções.

-publicidade-