Take a fresh look at your lifestyle.

MPT-AM entrega concentradores de oxigênio para unidades de saúde do interior do Amazonas

-publicidade-

Concentradores beneficiarão pacientes acometidos pela Covid-19 em mais de 40 municípios

O Ministério Público do Trabalho (MPT-AM), por meio da Procuradoria Regional do Trabalho da 11ª Região (AM/RR), em parceria com o MPT da 15ª Região (Campinas – SP), entregou 120 concentradores de oxigênio para serem utilizados nas unidades de saúde dos municípios no interior do Amazonas. A entrega dos equipamentos, feita na quarta-feira (20/1), foi possível por meio da reversão de bens de processos judiciais da Vara do Trabalho de Rio Claro.

Os concentradores de oxigênio beneficiarão pacientes acometidos pela Covid-19 em mais de 40 municípios, do Alto Solimões ao Baixo Amazonas. O equipamento permite concentrar oxigênio a partir do ambiente até que a substância fique 95% pura e, então, o fornece ao paciente por meio de cânulas ou máscaras. É indicado para quadros moderados da doença.

“Para o MPT essa doação demonstra o comprometimento com o Estado do Amazonas e com a sociedade amazonense. É uma forma de contribuir revertendo valores de processos judiciais em benefício da sociedade. E esses respiradores terão uma grande utilidade porque serão exclusivamente encaminhados para o interior”, declarou o procurador-chefe do MPT/PRT11, Jorsinei Dourado do Nascimento.

Os equipamentos doados ao Estado fazem parte de um acordo entre o Ministério Público do Trabalho e a Whirlpool, unidade de Rio Claro. O pedido foi feito pela procuradora Fabiola Junges Zani e autorizado pelo juiz Lucas Falasqui Cordeiro, da Vara do Trabalho de Rio Claro, considerando o contexto de crise humanitária vivido no estado do Amazonas.

De acordo com o titular da Secretaria Executiva de Assistência ao Interior, Cássio Espírito Santo, a expectativa é encaminhar 200 concentradores para o interior nos próximos dias. Os materiais encaminhados de Campinas já estão em Manaus.

“Eles já estão divididos para os municípios de menor porte, porque existe uma maior dificuldade logística e de acesso para que os cilindros cheguem, e principalmente para que eles tenham a logística reversa para a capital. Estamos aguardando para poder fazer a entrega formal para os municípios”, explicou.

No termo de doação, ficou estipulado que serão beneficiados os municípios: Atalaia do Norte, Benjamim Constant, São Paulo de Olivença, Amaturá, Fonte Boa, Jutaí, Santo Antônio do Içá, Tonantins, Envira, Guajará, Ipixuna, Itamarati, Alvarães, Japurá, Juruá, Maraã, Uarini, Boca do Acre, Canutama, Pauini, Tapauá, Anamã, Anori, Beruri, Caapiranga, Novo Airão, Codajás, Rio Preto da Eva, São Gabriel da Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro, Barcelos, Autazes, Iranduba, Manaquiri, Nova Olinda do Norte, Apuí, Borba, Manicoré, Novo Aripuanã, Itapiranga, São Sebastião do Uatumã, Silves, Urucará, Urucurituba, Barreirinha, Boa Vista do Ramos e Nhamundá.

FOTO: Divulgação

-publicidade-