Mulher envolvida em roubo a autoescola de Manaus é presa

Investigadores do 11º Distrito Integrado de Polícia (DIP) cumpriram, na manhã desta quinta-feira (18/10), por volta das 9h, mandado de prisão preventiva por roubo majorado em nome de Beatriz Lohane dos Santos Lima, 29.

Ela é acusada de envolvimento em roubo ocorrido no dia 13 de março de 2017, em uma autoescola situada na avenida Cosme Ferreira, bairro Coroado, zona leste da capital. De acordo com o delegado Jamilson Pacheco, titular da unidade policial, a prisão foi efetuada na casa onde Beatriz morava, situada na rua Doutor Edson Stanislau Afonso, no bairro São Jorge, zona oeste da capital.

Conforme Pacheco, 17 vítimas da ação criminosa compareceram à unidade policial para prestar depoimento e explicaram que, por volta das 14h50 daquele dia, Beatriz, juntamente com outros dois comparsas, invadiram o estabelecimento e exigiram que alunos e funcionários entregassem pertences pessoais.

“Os infratores subtraíram celulares, relógios, uma bolsa e um notebook das vítimas. As pessoas nos relataram que os infratores estavam em posse de armas de fogo e agiram com violência, apontando a arma para todos e exigindo que entregassem os pertences pessoais”, disse o delegado.

Ordem Judicial – O titular do 11º DIP relatou que o mandado de prisão preventiva por roubo majorado, em nome de Beatriz, foi expedido no dia 9 de outubro deste ano, pela juíza Andrea Jane Silva de Medeiros, da 5ª Vara Criminal da Comarca de Manaus.

Durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), foi verificado que a infratora já tinha passagem pela polícia por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e tráfico de drogas.

Indiciamento – Beatriz foi indiciada por roubo majorado. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, ela será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

FOTO: DIVULGAÇÃO/ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL DO AMAZONAS