Representantes das coordenações municipais, da capital e do interior, que tratam de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/AIDS) estarão reunidos nesta terça e quarta-feira (23 e 24), em Manaus, para discutir estratégias para o enfrentamento do HIV, Sífilis e Hepatites Virais, no Amazonas. O encontro acontece no Hotel Intercity, na rua Professor Marciano Armond, 544, bairro Adrianópolis, de 8h às 17h30. O evento está sendo organizado pela Coordenação Estadual de IST/AIDS e Hepatites Virais, que atua vinculada à Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD).

De acordo com a diretora presidente da FMT-HVD, Graça Alecrim, a intenção é discutir com os representantes das secretarias municipais de saúde estratégias para o enfrentamento da epidemia das infecções sexualmente transmissíveis. Ela ressalta que o Amazonas ainda apresenta altos índices dessas infecções e é preciso discutir as ações a serem implementadas conjuntamente, para reduzir esses números, levando em consideração as características e particularidades regionais.

A coordenadora estadual de IST/AIDS e Hepatites Virais, Silvana Lima, ressalta que o encontro é importante também para conhecer as dificuldades enfrentadas por cada município, além de traçar metas para reduzir os índices dessas infecções o estado como um todo.

Na terça-feira (23), a partir 9h, será apresentado um panorama sobre a situação do HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis no estado, além da apresentação dos Comitês de investigação de Transmissão Vertical do HIV e Sífilis e de Mortalidade por AIDS que precisam ser implantados em todo o estado para que ocorra adequada vigilância e controle desses agravos de saúde.

Na parte da tarde, de 14h às 17h30, o debate será sobre as ações de assistência aos pacientes com infecções sexualmente transmissíveis. Entre os temas que serão abordados, estão: “Descentralização da testagem do HIV, Sífilis e Hepatites na atenção básica”, “Fluxograma de testes rápidos”, “5 passos para o manejo do HIV na atenção básica”, “Rede Cegonha e Projeto Nascer”, “Serviço de Assistência Especializada (SAE)”, “Fluxograma da Rede de Atendimento às Hepatites Virais no Amazonas”, “Encaminhamento de paciente para consulta especializada” e “Orientações para a implementação da Rede de Atendimento das Hepatites Virais”.

No segundo dia de evento, de 8h30 às 17h, as discussões serão sobre as ações de prevenção às infecções sexualmente transmissíveis no estado, entrega de insumos para os municípios e prestação de contas.