Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Na Semana do Meio Ambiente, prefeitura lança projeto ‘Manaus, te quero verde’ em escola municipal

Para sensibilizar a comunidade escolar em relação à preservação e à conservação do meio ambiente por meio de plantio de mudas nativas da região, a Prefeitura de Manaus, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed), lançou nesta quarta-feira, 2/6, o projeto “Manaus, te quero verde”. A ação, que tem as parcerias do Instituto Soka e Fundação Rede Amazônica, ocorreu na escola municipal Roberto Vieira, na comunidade João Paulo 2, zona Leste da cidade, que será polo do projeto e foi contemplada com 50 mudas de acerola, mogno, ipê-branco, roxo e amarelo.

Outras seis unidades de ensino, uma de cada zona da cidade, também realizaram a ação simultaneamente, tendo cada uma recebido 20 mudas. O projeto terá a duração de dois anos e, nesse período, cada aluno plantará dez mudas, ou seja, até a conclusão, Manaus contará com mais de 3 milhões de árvores plantadas.

O procurador-geral do município, Marco Aurélio Choy, participou da ação representando o prefeito David Almeida e mencionou a importância do projeto para a cidade e a parceria entre o Instituto Soka e a Fundação Rede Amazônica.

“Essa é a diretriz do prefeito, que percebe o que a sociedade civil pode fazer de benefício para a nossa cidade e com isso trazer, de verdade, uma melhoria para a vida da população. Essa plantação vai fazer toda a diferença para o futuro da nossa cidade, disso eu não tenho dúvidas”, disse o procurador.

De acordo com o secretário de Educação, Pauderney Avelino, a ideia do projeto surgiu durante uma reunião com os diretores das unidades de ensino da Semed.

“A reunião que eu tive com os diretores do Instituto Soka me fez lembrar da minha infância, eu não conhecia o local e não sabia que aqui tinha uma instituição tão comprometida com o meio ambiente, que lembrou as minhas origens. Eu nasci no meio das árvores, das águas, dos seringueiros de Eirunepé. Nós somos filho do verde, das matas, das águas que banham e dão vida ao amazônida. A rede municipal comemora a Semana do Meio Ambiente com um projeto que vai fazer com que as crianças mudem a cara de Manaus até o fim do ano”, comentou Pauderney.

A ação utilizará a técnica de plantio de árvores para a neutralização de carbono. O Instituto Soka foi quem doou as mudas. “Chegou o momento de assumir esse compromisso com toda a experiência que o Instituto possui, e existe um processo que envolve os ribeirinhos desde a coleta das sementes nas áreas da floresta e produzindo mudas com qualidades para que o objetivo seja cumprido, que é melhorar o clima da nossa cidade”, destacou o diretor do Instituto, Edison Akira Sato.

Já a diretora-executiva da Rede Amazônica, Marcya Lira, mencionou a importância em iniciar o projeto na escola, que pelo grupo sempre existiu o sentido e o sentimento de integrar e desenvolver a região amazônica.

“Projetos como esses fazem muito sentido para o grupo Rede Amazônica. Acreditamos demais nesse projeto, pois a transformação acontece dentro da escola, é a educação que vai transformar o amanhã, é essa geração que começou a plantar hoje, que vai fazer Manaus se tornar mais verde”, ressaltou Marcya.

O aluno Guilherme Vieira, 10, do 5º ano do ensino fundamental, sabe da importância do projeto. “Nós vamos plantar várias árvores que vão melhorar o oxigênio da nossa cidade”.

Ao longo do projeto, serão agregados parceiros que possam contribuir com doações de mudas e sementes.

Texto – Érica Marinho/Semed

Foto – Alex Pazuello/Semed

-publicidade-