Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Na Semana Santa, Sejusc doa pescado a públicos em risco social de instituições cadastradas pela pasta

Doações fazem parte do projeto “Agro Amazonas”, do Governo do Estado

Em celebração à Semana Santa, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) está realizando a doação de peixes de várias espécies a públicos em vulnerabilidade social e Organizações da Sociedade Civil (OSCs) cadastradas pela pasta. A ação teve início na terça-feira (30/03) e segue até esta quinta (1º/04).

O repasse foi feito pelo Governo do Estado, por meio das ações do programa “Agro Amazonas”, para a rede de assistência do Estado, composta pelas secretarias de Estado de Assistência Social (Seas), e de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Sejusc), além do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS).

A entrega do produto para a Sejusc foi feita na manhã de terça-feira (30/03), no Centro de Distribuição da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), no município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). Na sexta-feira (02/04), estão programadas doações no município de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus).

A secretária titular da Sejusc, Mirtes Salles, destacou que, além de colaborar com os psicultores para a comercialização do pescado, a ação do Governo também beneficia o público em geral.

“Tradicionalmente, o público amazonense costuma consumir peixes em maior quantidade neste período do ano em homenagem à Semana Santa. Esse ato simbólico ajuda a fortalecer não só os produtores, mas também as pessoas em vulnerabilidade social beneficiadas com a doação”, afirmou.

Beneficiados – Uma das instituições contempladas na ação foi o Centro Social e Educacional do Lago do Aleixo, que atua com crianças e adolescentes em vulnerabilidade social no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona leste de Manaus.

“Vivemos um momento de grande dificuldade, em que as pessoas, principalmente aquelas mais vulneráveis enfrentam grandes dificuldades para poder se alimentar. Neste momento de pandemia, estamos recebendo essa doação, e com certeza será muito bem-vinda nesta Semana Santa, quando as pessoas procuram comprar peixes, e dificilmente encontram o alimento que caiba no orçamento delas”, disse o representante do centro, Edvaldo Barreto.

Outra organização beneficiada foi o Instituto Amigos Fiéis, que acolhe públicos em risco social no bairro São José, zona leste da capital.

“É muito gratificante receber essa doação. Como atuamos na zona leste da cidade, temos muitas famílias em vulnerabilidade social, que estão precisando de ajuda e não têm o que comer”, disse o presidente do instituto, Lucas Lima.

FOTO: Raine Luiz/Sejusc

-publicidade-