Leão chega a 6 pontos e assume a terceira colocação no Barezão, com o gol de Bernardo

Jogador expulso, pênalti perdido e pressão. A partida entre Manaus e Nacional foi de arrancar gritos e deixar cardíaco agoniado, mas o Leão da Vila Levou a melhor. Mesmo com um a menos, Paulinho Índio foi expulso aos 41 min do primeiro tempo, o Nacional FC superou a ausência de seu jogador e conseguiu vencer o Manaus FC por 1 a 0, com gol de Bernardo que marcou de pênalti, na segunda etapa. O atacante Ray havia perdido um pênalti no primeiro tempo e o goleiro do Naça, André Regly operou milagres para que o Leão da Vila chegasse aos 6 pontos e alcançasse a 3ª colocação na tabela de classificação do Campeonato Amazonense.

Na próxima rodada, o Naça encara o Princesa do Solimões, na quarta-feira (20), às 20h, na Arena da Amazônia.

O jogo

As duas equipes não escondiam a vontade de vencer, mas Aderbal Lana e João Carlos Cavalo mostraram dois times técnicos e emocionalmente frios. Nacional e Manaus começaram se estudando, mas quando tinham oportunidade levavam perigo ao gol adversário, até que o jogo ficou intenso e as chances vinham de ambas as partes. No entanto, o primeiro susto quem levou foi o Nacional, Jeferson, recebeu dentro da grande área e deu um meio voleio, mas o goleiro do Naça, André Regly, mostrou seu reflexo e colocou ela para fora. Salvando o Leão da Vila.

Do outro lado, Romarinho toca o terror na marcação adversária. Aos 6 min, ele carrega a bola pela lateral, encontra Fabinho que se livra da marcação e toca para Jonas que finaliza, mas ela sai raspando a trave.

No lance seguinte, Fabinho também assusta o goleiro do Manaus, após receber na lateral e mandar ela para gol, Jonathan se estica e pega a bola.

Aos 7 min, foi Vitinho quem levou perigo ao gol de André. Ele recebeu na intermediária e chutou, ele bem posicionado defende. Aos 11 min, mais uma vez Romarinho arranca e deixa seus marcadores para trás, cruza para Ray na entrada da grande área, mas a jogador não consegue finalizar. Aos 18 min, foi Ray quem deu a chance para Paulinho soltar o chute, mas ela passou por cima do gol.

O Manaus teve sua chance quando Derlan recebe e toca para Spice que manda e a bola passa perto do travessão de André Regly. Aos 21 minutos, numa bola parada, Martony de cabeça mandou para fora.

Aos 29 minutos, Ray passa para Rpmarinho que avança sobre seu marcador e ao ser ultrapassado é derrubado por Martony dentro da área e o juiz marca pênalti.

Ray vai para a cobrança, mas o chute do atacante nacionalino para nas mãos do goleiro Jonathan que espalma para o lado e a zaga tira.

Aos 38 minutos, novamente o Jonathan salva o Manaus. Romarinho mostra que não tem apenas velocidade e acerta um chute cruzado e Jonathan manda ela para fora. Aos 42 min, Paulinho Índio comete falta, recebe o segundo amarelo e é expulso de campo. Nacional fica com 10 jogadores.

Em seguida, Diogo Dolem assustou a nação azulina. Ele recebeu a bola de Jeferson e cara a cara com André Regly bateu para fora.

Segundo tempo

Com um a menos em campo, Lana mexe no time. Tira Ray para a entrada de Bernardo. No Manaus, sai Jean Carlos e entra Alê Santos.

O Manaus com a vantagem de 11 em campo, começa ameaçando. Aos 4 min, Spice recebe na intermediária e toca, ela vai sobre o gol de André Regly.

Aos 9 min, Lana promove a saída de Jonas para entrar Israel. Do lado do Manaus, sai Ezequiel e entra Matheus Oliveira.

Aos 17 min, Bernardo aparece pela esquerda, arrisca o chute e a bola bate no braço de Alê Santos, o arbitro marca pênalti para o Nacional. O próprio Bernardo vai para cobrança e converte, abrindo o placar para o Leão. Manaus 0 x 1 Nacional.

Substituição no Manaus, sai Jeferson e entra Rivelino.

Aos 23 min, Alê Santos assusta André Regly, manda um chute forte, mas ele defende.

Substituição no Naça, sai Léo Mineiro e entra Felipe.

Aos 34 min, o Manaus pressiona, Evair recebe e bate da entrada da grande área, mas a André Regly atento faz grande defesa. Em seguida, Diogo bate e como um gato André defende com saída por cima.

O Manaus ainda tentou com Evair, mas nada pode fazer. No lance seguinte, Spice do Manaus recebe vermelho direto, após pisar em Fabinho.

O juiz apita o fim da partida. Manaus FC 0 x 1 Nacional FC.

NACIONAL FUTEBOL CLUBE

Técnico: Aderbal Lana

André Regly, Paulinho, Jordan, Deurick, Paulinho Índio, Victor, Fabinho, Jonas (Israel), Ray (Bernardo), Léo Mineiro (Felipe), Romarinho.

MANAUS FUTEBOL CLUBE

Técnico: João Carlos Cavalo

Jonathan, Ezequiel (Matheus Oliveira), Thiago Fernandes, Martony, Wanderlan, Vando, Jean Carlos (Alê Santos), Diogo Dolen, Evair, Jeferson (Rivelino), Victor.

ARBITRAGEM

Arbitro principal: Edmar Campos da Encarnação

Assistente 1: Jeová Rodrigues dos Santos

Assistente 2: Dimmi Yuri Cardoso

Quarto árbitro: Fredy Rafael Lopes Fernandez

PÚBLICO

Presente: 619

Renda: R$ 5.590

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here