Natal: como diferentes religiões celebram a data?

A festa, celebrada pelos cristãos como o dia do nascimento de Jesus, passou a ser adotada e se tornou uma tradição a partir do século III. A data foi escolhida em função de uma comemoração pagã em homenagem ao Sol pelo povo romano. Nesta época do ano, é inverno no hemisfério Norte e o evento tinha a intenção de motivar a esperança do retorno da luz. A Igreja Católica, então, se apropriou dessa celebração e adaptou a figura de Jesus no lugar do Sol.

Em outras crenças, como no judaísmo, em vez de Natal é dia de Chanucá ou Hanukkah, a Festa das Luzes. São oito dias de celebração. A cada noite é acesa uma das nove velas de um candelabro especial. Entre as famílias, o costume é brincar com um peão que tem gravadas letras hebraicas. A família se diverte brincando de adivinhar qual é a letra que fica pra cima quando ele para.

Os cristãos ortodoxos comemoram o Natal, mas no dia 7 de janeiro. Já para os ateus o dia é apenas uma data comercial.

Fonte: Portal EBC