A irreverência do carnaval parintinense pôde ser presenciada neste domingo, 15, com os blocos dos irreverentes no palco montado na Praça dos Bois. A arena montada para a apresentação dos blocos reuniu milhares de pessoas que superlotaram área destinada as apresentações.

A irreverência foi vivenciada no quesito disputa da rainha gay irreverente e marchinhas dos blocos: Os Belezuras, Os Hippies, Nós Somos o que Vocês já Sabem, Chitara da Chapada, Lagarto Salgado, Invasão na Folia, Entre Tapas e Beijos, Amor e cana, Os Piratas, Pantera Cor de Rosa e As Tiazinhas.

O carnailha de 2015 foi realizado em um formato em os foliões entram na arena de apresentação e em seguida, as rainhas de cada agremiação carnavalesca sobem ao palco principal para mostrar aos jurados sua performance.

Segundo o subsecretário de cultura, Junior de Souza, a noite deste domingo pode ser considerada um verdadeiro sucesso na medida em que a comunidade participou atendendo o chamado dos organizadores e dos blocos. “É um carnaval atípico em volume de recursos ou estrutura, porém a alegria do folião e o esforço de cada um que trabalhou na organização foram recompensados com o sucesso da primeira noite do Carnailha”, disse.

De acordo com o folião Ediberto Murilo, foi possível notar que as pessoas encarnaram o verdadeiro espírito de folião se fantasiando de diversos personagens. “O carnaval é isso. É animação, alegria e apesar das dificuldades, a estrutura ajudou bastante. Acho até que pode ser um novo modelo de carnaval que Parintins pode aperfeiçoar”, destacou.

A vocalista das bandas Os Tops e Metais, Cirleane Souza, disse que a Prefeitura está de parabéns por manter um bom nível de carnaval e ainda proporcionar oportunidades as bandas locais. “Temos grandes músicos em Parintins e mostramos a cada apresentação que investir na prata de casa é algo benéfico para a cidade, além de ser um incentivo para que mais pessoas atuem na área musical”, enfatizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here