Nova Rede Mulher da Sejusc realiza ações de fortalecimento no município de Tefé

Atividades iniciaram na segunda-feira (21/06) e se estendem até esta quinta (24/06)

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), conclui nesta quinta-feira (24/06) ações do programa “Em defesa delas: enfrentando a violência, construindo cidadania”, no município de Tefé (a 523 quilômetros de Manaus).

Na cidade, a equipe da Nova Rede Mulher da Sejusc realizou levantamentos de dados do atendimento à mulher em situações de violência, bem como das políticas implementadas e dos equipamentos públicos em funcionamento do município.

Além disso, a Nova Rede Mulher desenvolveu uma oficina de capacitação em Gênero e Políticas para as Mulheres com os gestores e servidores que integram a rede municipal de atendimento. A reunião ocorreu no Conselho Municipal dos Direitos de Mulheres (Comdim).

A secretária Mirtes Salles, titular da Sejusc, destacou a importância da execução de políticas públicas voltadas para a proteção da mulher, principalmente no interior do estado. “Ações como essa mostram que o Governo do Amazonas está trabalhando para assegurar e executar as políticas necessárias para a proteção dessa população, não somente na capital como nos municípios do interior”, disse a gestora.

Entenda – O projeto Nova Rede Mulher, coordenado pela Secretaria Executiva de Políticas para as Mulheres da Sejusc, visa levar o fortalecimento e apoio técnico aos munícipios, fortalecendo o conhecimento de agentes públicos e privados em relação à Política Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres.

“A rede de atendimento deve se solidificar dentro do município, delegacias, defensorias, Ministério Público, Fórum de Justiça e rede de assistência social de forma integrada, para atender as mulheres em situações de violência”, afirmou a gerente da Nova Rede Mulher, Karolina Aguiar.

Ainda neste mês, no período de 28 a 30, a programação do projeto Nova Rede Mulher contará com oficina de formação e ações itinerantes em Presidente Figueiredo, município distante 117 quilômetros de Manaus.

FOTO: Divulgação/Sejusc