Novo Airão – Amazonas e Governo Federal entregam cestas básicas para pescadores

Os pescadores do município de Novo Airão (a 115 quilômetros de Manaus) que foram afetados pela pandemia e pela enchente histórica foram beneficiados, neste sábado (19/06), com a entrega de 746 cestas básicas. A entrega foi realizada pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), e pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A aquisição das cestas básicas faz parte de acordo de cooperação firmado entre Governo do Estado, Ministério da Cidadania, Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Mapa e Superintendência Federal da Agricultura Pecuária e Abastecimento do Amazonas (SFA).

O secretário titular da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, assinalou a importância da parceria entre os governos federal e estadual.

“As entregas das cestas são fruto de uma parceria que beneficiará os pescadores no Amazonas, nesse momento de pandemia e de maior enchente da história do estado. Essa primeira entrega, em Novo Airão, é muito importante, pois chega na hora que as famílias dos pescadores mais precisam”.

Em Novo Airão, quatro entidades foram beneficiadas com as cestas básicas: Sindicato dos Pescadores, Colônia de Pescadores AM 34, Colônia de Pescadores Z 34 e a Associação dos Pescadores.

Um dos beneficiados, o pescador Mereu da Silva, ressalta que, devido à enchente, a pesca se tornou cada dia mais difícil.

“Com essa cheia nos rios, todos os dias tenho uma pesca ruim. Essa cesta de alimentos vai beneficiar não somente minha família, mas também muitos amigos pescadores que precisam. Agradeço a Deus e ao governador Wilson Lima pela iniciativa”, afirmou o pescador.

Novo Airão é o primeiro município beneficiado com as cestas. No total, serão entregues aproximadamente 58,9 mil cestas de alimentos para os pescadores artesanais cadastrados em entidades ligadas ao SFA/Mapa, que residem nos 61 municípios do estado e na capital, Manaus.

“A participação do Governo do Amazonas foi fundamental para que essa ação pudesse ser concretizada. A logística de entrega de cestas, nos 62 municípios, é um grande desafio, e desde já agradecemos a sensibilidade e parceria do governador Wilson Lima e do secretário Petrucio Magalhães”, destacou o superintendente federal de Agricultura no Amazonas, Guilherme de Melo Pessoa.

Cada cesta pesa 21 quilos e contém 10 quilos de arroz, 4 quilos de feijão, 2 quilos de farinha de mandioca, 2 quilos de açúcar, 1 quilo de flocos de milho, 1 quilo de macarrão e 1 quilo de leite em pó.

FOTO: Emerson Martins/Sepror